Quinta, 25 de Abril de 2024
49 9 9111-4949
Desenvolvimento Social Desenvolviment...

Ação no centro de Florianópolis encerra a programação do Mês da Mulher da SAS

Foto: Helena Marquardt/Ascom SASA Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família (SAS) encerrou nesta quarta-feira, 27, a programação...

27/03/2024 17h46
Por: Redação Fonte: Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

Foto: Helena Marquardt/Ascom SAS

A Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família (SAS) encerrou nesta quarta-feira, 27, a programação do Mês da Mulher com uma intervenção urbana sobre o sinal de pedido de socorro em caso de violência contra a mulher. A ação foi realizada no Largo da Alfândega, no centro de Florianópolis.

Diversas servidoras da SAS participaram da atividade e ao longo de algumas horas levaram informação para quem passava pelo centro da cidade, incluindo homens e mulheres. A intervenção foi realizada num dos locais de maior movimento, o que chamou a atenção de centenas de pessoas.

Continua após a publicidade
Anúncio

“Ao longo de todo o mês tivemos uma programação bastante extensa onde trabalhamos diversos temas. Na intervenção urbana buscamos conscientizar a comunidade divulgando o que significa o sinal de X na mão que pode fazer a diferença para ajudar uma mulher vítima de violência”, lembra a secretária da SAS, Maria Helena Zimmermann.

A campanha nacional de combate à violência contra a mulher baseada no desenho do X na mão é uma ação simples, mas de muito impacto. O sinal “X” feito com batom vermelho, ou qualquer outro material, na palma da mão ou em um pedaço de papel, permite que a pessoa que a atenda reconheça que aquela mulher é vítima de violência doméstica e, acione a Polícia Militar. A ideia é que a vítima tenha uma forma silenciosa de fácil identificação para pedir socorro em locais públicos como restaurantes, farmácias, entre outros. “Qualquer estabelecimento público ou privado deve conhecer esse significado e pode participar”, explica a gerente de Políticas para Mulheres e Direitos Humanos da SAS, Débora Nunes Barbosa.

Programação do Mês da Mulher

A programação da SAS em alusão ao Dia Internacional da Mulher foi realizada durante todo o mês e incluiu ainda a exposição “Santa Catarina tem nome de mulher: Mulheres catarinenses em destaque”, no hall da secretaria; o bate papo “Catarinenses que inspiram” que contou a história de mulheres comuns que tiveram uma trajetória de superação e contou com a participação da vice-governadora, Marilisa Boehm; o lançamento da Semana Escolar de Combate à Violência contra a Mulher, em parceria com a Secretaria da Educação, participação no evento de mulheres na Secretaria de Administração Prisional e uma série de debates que foram transmitidos ao vivo pelo Youtube com os temas: “Maternidade na adolescência”; Formação e Orientação para Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e abrigos para mulheres sobre a captação de currículos de mulheres em situação de violência para sensibilizar; Educação financeira contra a violência patrimonial; Encontro Estadual de Organismos de Políticas para Mulheres.

Mais informações:
Jornalistas: Helena Marquardt e Luciane Lemos (Assessoria de Comunicação)
Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família
(48) 3664-0916 e-mail: ascom@sas.sc.gov.br

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Chapecó, SC
Atualizado às 06h04
18°
Tempo nublado

Mín. 18° Máx. 22°

18° Sensação
0.74 km/h Vento
99% Umidade do ar
100% (6.67mm) Chance de chuva
Amanhã (26/04)

Mín. 17° Máx. 28°

Tempo limpo
Amanhã (27/04)

Mín. 18° Máx. 28°

Tempo nublado
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias