Domingo, 19 de Maio de 2024
49 9 9111-4949
Saúde Saúde

Aeromédico do Samu apresenta programa Sangue Total em comissão da Alesc

Foto: Divulgação / SESPioneiro e inovador, o Programa Sangue Total disponibiliza bolsas de sangue no atendimento aeromédico a pacientes graves no l...

16/05/2024 15h15
Por: Redação Fonte: Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

Foto: Divulgação / SES

Pioneiro e inovador, o Programa Sangue Total disponibiliza bolsas de sangue no atendimento aeromédico a pacientes graves no local do resgate ou durante o transporte à unidade de saúde. Para dar mais visibilidade nacional e internacional, as equipes do aeromédico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) apresentaram o programa para a Comissão de Relacionamento Institucional, das Relações Internacionais e do Mercosul, na tarde desta quarta-feira, 15, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).

A iniciativa tem como objetivo ajudar na divulgação do Sangue Total para outros estados do país, já que Santa Catarina é a única unidade da federação a ter esse programa. Além disso, visa maior reconhecimento internacional, sendo que o Brasil é o quarto país no mundo a oferecer esse tratamento no ambiente pré-hospitalar.

Continua após a publicidade
Anúncio

Devido ao avanço do Programa Sangue Total, o serviço aeromédico catarinense se tornou uma agência transfuncional, sendo a primeira unidade aérea pública a receber alvará da Vigilância Sanitária em âmbito nacional.

“Buscamos trazer o que há de melhor aos pacientes no tratamento pré-hospitalar, às vítimas de choque hemorrágico e politraumatizados graves. A transfusão de sangue pode salvar uma vida antes mesmo da chegada ao hospital. Estamos sempre pesquisando para aprimorar e oferecer tratamento de ponta”, explica Daíse Esswein Müller, coordenadora médica do Samu Aeromédico. 

A parceria entre o Samu Aeromédico, o Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) e o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) é fundamental para viabilizar esse programa que aumenta as chances de sobrevida de pacientes graves no atendimento. O desenvolvimento do programa também contou com parcerias internacionais e apoio da maior referência mundial no assunto, o médico Mark Yazer, professor da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, referência na Associação Americana de Bancos de Sangue.

“O programa já obteve resultados significativos com ampliação da frota dos Arcanjos disponibilizados no Estado e agora a implantação do Sangue Total, em Blumenau. Em breve, será oferecido nas ambulâncias para alcançar um número maior de pacientes em diferentes áreas dos municípios catarinenses”, finaliza Marcos Fonseca, superintendente de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado da Saúde.

Mais informações:
Gabriela Ressel
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde
(48) 99134-4078
e-mail: imprensa@saude.sc.gov.br

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias