Sexta, 01 de Março de 2024
49 9 9111-4949
Dólar comercial R$ 4,97 -0.099%
Euro R$ 5,37 -0.045%
Peso Argentino R$ 0,01 -0.114%
Bitcoin R$ 329.022,37 +2.133%
Bovespa 129.113,65 pontos +0.07%
Economia Negócios

Mental Clean age em prol do fim da violência contra a mulher

A empresa aplica programas de enfrentamento à violência nas empresas e conta com o marco zero de feminicídio. Magazine Luiza, Marisa e Renner adota...

08/12/2023 17h33
31
Por: Redação Fonte: Agência Dino
Mental Clean
Mental Clean

O Dia Internacional pelo Fim da Violência contra as Mulheres é comemorado em 25 de novembro; a data é chamada de Dia Laranja e foi conclamada pelas Nações Unidas para dar ampla visibilidade ao tema, mobilizando o compromisso de todos para que as mulheres possam viver uma vida sem violência.  O projeto de ativismo é mundial e no Brasil a mobilização acontece entre 20 de novembro e 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos. Neste cenário, a Mental Clean lança sua campanha de mesmo propósito com uma extensa programação de comunicação on e off-line, além de palestras, rodas de conversa e outras atividades. Além disso, a empresa irá participar da 6ª caminhada pelo Fim da Violência Contra a Mulher organizada pelo grupo Mulheres do Brasil na Avenida Paulista (São Paulo) e de lá seguirá para um grande piquenique de confraternização com seus colaboradores e familiares.

Números de violência contra a mulher

Vale lembrar que os dados contra a violência no Brasil são alarmantes. Segundo informações do Monitor da Violência, no Brasil, em 2022, houve 3,9 mil homicídios dolosos (intencionais) de mulheres (aumento de 2,6% em relação ao ano anterior) e foram registrados 1,4 mil feminicídios; o maior número registrado desde 2015. Segundo números do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em 2022, houve aumento de 8,2% em relação a 2021 no número de estupros e estupros de vulneráveis, somando 74.930 casos. Desse total, 88,7% das vítimas eram mulheres e meninas e dessas 56,8% eram negras e 0,5% indígenas. Todos os demais indicadores de violência doméstica também cresceram no mesmo período.

Continua após a publicidade
Anúncio

Magazine Luiza, Marisa e Renner são empresas que adotaram programas de enfrentamento de violência contra a mulher da Mental Clean

Focada em programas de saúde e bem-estar e engajada na promoção e defesa pela manutenção da saúde integral e dos direitos humanos, a Mental Clean atua ativamente na luta pela causa da mulher e criou um núcleo 100% dedicado ao tema, chamado NEV – Núcleo de Enfrentamento à Violência. A motivação para a criação do departamento veio pelo cliente Magazine Luiza, que em 2017 enfrentou um caso de feminicídio entre suas colaboradoras e resolveu investir firmemente em projetos psicossociais e educacionais para tratar amplamente da temática. “Atuamos fortemente no Magazine Luiza com programas de enfrentamento da violência doméstica e só nesta empresa já atendemos mais de mil mulheres”, conta Fátima Macedo, CEO da Mental Clean e especialista em psicologia da saúde ocupacional e terapia cognitivo-comportamental.

O time de profissionais do NEV é composto por psicólogas e assistentes sociais especializadas no quadrante de violência feminina. O programa atende mais de 35 empresas, entre elas Magazine Luiza, Marisa e Renner -  e comemora o marco de zero casos de feminicídio entre as empresas que adotaram os programas.

“Ofereceremos para estas empresas ações diversas de esclarecimento, posicionamento frente a situações que indiquem qualquer abuso, suporte, apoio com profissionais de saúde, canais de acolhimento e denúncias como 0800, projetos de conscientização, educação", explica Fátima. Além disso, a psicóloga e CEO explica que mais ações são realizadas envolvendo os seguintes cenários: enfrentamento de violência doméstica, assédio no ambiente de trabalho – violência e microviolência - , saúde mental feminina, papel do homem no enfrentamento à violência, equidade de gênero, masculinidade tóxica versus saudável e relacionamento saudável versus abusivo. É um trabalho social incrivelmente potente e com resultados.

"Fala-se tanto sobre ESG. Não existe esse S sem o envolvimento direto das empresas por uma causa que soma índices alarmantes de atrocidades de todas as naturezas cometidas sucessivamente contra as mulheres”, complementa a profissional.

O programa NEV já atendeu mais de 1300 pessoas em várias situações de violência, mas com destaque para assédio no trabalho, violência doméstica e também urbana de todas as naturezas.

Cases de mulheres atendidas no programa

Os programas desenvolvidos e implementados pela Mental Clean nas empresas envolvem cases das mais diversas complexidades, portanto, o suporte para essas mulheres é integral. São eles: atendimento psicossocial semanal, orientações sobre autoproteção e segurança pessoal, esclarecimento sobre direitos, entre outros. As empresas atendidas também se propõem ativamente a tomadas de medidas protetivas e de acolhimento a essas mulheres como transferência de unidade, abono de faltas, adiantamento de férias entre outras medidas para auxiliar a vítima a se reorganizar.

As empresas somam cases parecidos com a de uma colaboradora que sofria agressão do marido; emocional e física. Com ciúme excessivo, não conseguia se separar pois era ameaçada, inclusive de morte. Com essa situação, seu desempenho no trabalho caiu drasticamente e seu líder ao perceber a situação, conduziu-a ao programa da Mental Clean. Ela ficou 4 meses em acompanhamento e, neste período, reestruturou sua vida, tomando todas as medidas de proteção legal cabíveis. Com o apoio da empresa, foi transferida para outro estado, ficando mais próxima dos seus familiares e de sua rede de apoio e o marido se manteve afastado e respondendo a processo.

Conseguiu a partir daí retomar sua vida pessoal e performar muito melhor no trabalho, participou de uma seleção interna e foi promovida. “Esse atendimento foi a base da minha reconstrução para seguir com uma nova vida, sempre assistida pela equipe, com acompanhamento constante e profissionais 100% disponíveis", diz a vítima. Com acolhimento muito familiar foi possível se planejar.

"Recomendo sempre para colegas do trabalho que não se calem e busquem ajuda, pois é possível viver uma vida sem violência”, ressalta a vítima atendida.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Chapecó, SC
Atualizado às 09h05
20°
Neblina

Mín. 17° Máx. 31°

21° Sensação
1.03 km/h Vento
100% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (02/03)

Mín. 17° Máx. 32°

Tempo limpo
Amanhã (03/03)

Mín. 18° Máx. 33°

Chuva
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias