Chapecó | 27.08.2021 | 14h14 Entretenimento

Zezé Di Camargo se oferece para participar de álbum de Sérgio Reis

Zezé Di Camargo usou as redes sociais para manifestar apoio ao cantor e ex-deputado Sérgio Reis e afirmou que tem interesse em participar do álbum de Reis, após desistência de uma série de convidados. Zé Ramalho, Maria Rita, Guilherme Arantes, Guarabyra e Anastácia anunciaram desistência após falas de Sérgio, alvo de investigação da Polícia Federal.

Nos stories do Instagram, Zezé apoiou o cantor: "Serjão, você não está sozinho. O Brasil está com você. O que estão fazendo com você é de uma crueldade sem tamanho. Acho que as pessoas não entenderam ainda que a vontade do povo prevalece, você é um homem do bem. Você é um homem que conheço há muitos anos, só fez o bem. Bem para a música sertaneja, para as pessoas que mais necessitam".

O sertanejo convocou ainda outros artistas sertanejos a se solidarizarem com Sérgio: "E se realmente aconteceu isso de alguns artistas cancelarem a participação do seu DVD, eu me colocarei aqui à disposição. Eu quero participar, cantar uma música com você. E deixo um recado também para meus amigos sertanejos. É hora de a gente pegar o Serjão e colocar no colo, que nem ele colocou muita gente".

"Quando a música sertaneja precisava de apoio, que era menosprezada, o Sérgio Reis deixou uma carreira lá que ele tinha vitoriosa na Jovem Guarda e virou um cantor sertanejo. Desde então, vestiu a indumentária do sertanejo, e sempre está conosco", finalizou.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Desistência
Sérgio Reis desistiu de gravar o próximo álbum com parcerias, previsto para ser lançado ainda neste ano. A informação foi confirmada pelo filho dele, Marco Bavini, responsável pela produção do disco. Marcos conversou com o G1 e afirmou que "o disco não existe mais".

"A produção do CD, a [escolha do] repertório e a gravação foram minhas e, até então, feitas no meu estúdio. Mas, por conta de o assunto música ter ficado em segundo plano, eu interrompi tudo. Ninguém mais do que eu lamenta por isso. Eu vinha gravando e construindo esse projeto há quase cinco anos de gravações. Infelizmente foi assim", contou Bavini.

Fonte: Correio Braziliense