Chapecó | 27.05.2021 | 14h41 Esportes

Técnico da Chapecoense é demitido após perda do título do Catarinense

Durou apenas oito jogos a passagem de Mozart no comando da Chapecoense. Nesta quinta-feira (27), um dia após a perda do título do Campeonato Catarinense 2021 para o Avaí, o treinador foi comunicado que não permanece à frente do time para a sequência da temporada.

Após o segundo jogo da final, Mozart foi bastante criticado na entrevista coletiva e deixou a Arena Condá sob protestos e xingamentos de alguns torcedores. Diante do cenário, a diretoria do Verdão do Oeste chegou ao entendimento que o melhor no momento era encerrar o ciclo do treinador.

Mozart deixa a Chapecoense com 50% de aproveitamento (três vitórias, três empates e duas derrotas). As escalações dos jogos na final e, principalmente, a perda do título para o Avaí foram determintes para a saída do treinador do Verdão do Oeste antes mesmo do início do Campeonato Brasileiro.

No domingo, às 18h15, o Verdão do Oeste encara o Red Bull Bragantino, na Arena Condá, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

A NOTA OFICIAL DA CHAPE:
A Associação Chapecoense de Futebol comunica, de maneira oficial, que Mozart Santos não é mais o técnico da equipe alviverde. A decisão do desligamento do treinador - juntamente com a do auxiliar técnico Denis Iwamura e do preparador físico Jackson Maciel Schwenber - foi deliberada após uma reunião realizada entre a diretoria do clube e o profissional.⁣

No comando do time, foram oito jogos, três vitórias, três empates e duas derrotas. O clube agradece aos profissionais pelos serviços prestados neste período e deseja sucesso nos próximos compromissos.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: GLOBO ESPORTE