Chapecó | 24.12.2020 | 14h14 Entretenimento

Sertanejo Matheus, da dupla com Lucas, morre por complicações da covid-19

O cantor sertanejo Matheus, da dupla Lucas e Matheus, morreu na tarde de ontem por complicações da covid-19. Edilson da Silva Rodrigues, seu verdadeiro nome, tinha 57 anos, e estava internado na Santa Casa de Presidente Prudente, interior de São Paulo, desde o dia 13.

De acordo com a família, o cantor que vivia em Portugal havia 27 anos e fez a maior parte de sua carreira na Europa, ao lado do irmão, havia chegado ao Brasil dois dias antes de ter os primeiros sintomas da doença.

Ao ser internado, Matheus precisou ser intubado e teve comprometimento renal. Mesmo passando por diálise e apresentando uma melhora na parte respiratória nos últimos dias, o cantor não resistiu à doença.

Antes de retornar ao Brasil, o cantor participou de alguns programas de TV em Portugal. A família não sabe se ele foi contaminado nessas participações ou durante a viagem.

O corpo de Matheus foi enterrado na tarde de ontem, em sua cidade natal, Presidente Prudente. Ele era casado e deixa dois filhos.

Carreira internacional A dupla sertaneja Lucas e Matheus, surgiu no interior de São Paulo e tinha mais de 25 anos de carreira tendo 27 álbuns gravados e 15 coletâneas. Durante as mais de duas décadas de carreira a dupla conquistou 22 discos de ouro, 14 de platina, 12 de platina duplo e cinco de diamante e teve mais de 5 milhões de cópias vendidas.

Apesar de ter começado a carreira no Brasil, foi em Portugal que a dupla mais se destacou. Ao lançarem o primeiro álbum "Palavras ao Vento" (1994), a música "Paciência" fez muito sucesso no Brasil e, na época, os irmãos foram convidados para uma apresentação na cidade de Amarante, norte de Portugal. A partir daí a dupla passou a se dedicar à carreira fora do Brasil.

Lucas e Matheus também são os intérpretes da canção "Eu tô Pedindo para Você Ficar", que foi trilha sonora da novela "As aventuras de Poliana", do SBT.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

Fonte: UOL