José Boiteux | 03.05.2021 | 20h20 Polícia

Sepultura é violada e morto tem cabeça arrancada em cemitério de SC

O corpo de um homem enterrado há 10 meses no cemitério de José Boiteux, no Alto Vale, foi violado neste domingo (2).

A Polícia Militar atendeu a ocorrência durante a manhã e ao chegar no cemitério encontrou a sepultura totalmente destruída e o corpo do homem sem a cabeça.

O túmulo pertencia a Júlio César Lunelli, de 51 anos. Júlio era atleta e servidor público.

Os policiais realizaram buscas pela região, mas não localizaram o autor do crime e nem a cabeça do cadáver. Diante dos fatos foi lavrado um boletim de ocorrência e a família foi orientada a lacrar o túmulo.

O caso agora passa a ser investigado pela Polícia Civil de Rio do Sul.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: ND +