Chapecó | 09.09.2021 | 08h08 Economia

Procon de SC notifica sindicato sobre altas abusivas no preço do combustível

O Procon de Santa Catarina notificou o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetro-SC) na noite desta quarta-feira (8) com um alerta sobre altas abusivas no preço de combustíveis. O bloqueio feito por caminhoneiros em rodovias do Estado desencadeou uma corrida de motoristas aos postos. Em várias cidades houve formação de filas na entrada dos estabelecimentos.

Na notificação, o órgão de defesa do consumidor apela ao Sindipetro para que oriente seus associados a não aplicarem reajuste no valor do combustível em função do movimento dos caminhoneiros. O Procon-SC alerta que o descumprimento do teor do documento é passível de instauração de processo administrativo e que pode levar o caso ao Ministério Público Estadual.

Com a grande procura, já começam a surgir queixas de aumentos abusivos no preço da gasolina. Uma leitora relatou à coluna que um posto em Barra Velha subiu em 20 centavos o preço do litro ao longo do dia.

O diretor do Procon-SC, Tiago Silva, orienta os consumidores a guardarem a nota fiscal para pedir eventual ressarcimento. Para o órgão, a conduta abusiva também seria reforçada pelo fato de que o aumento se daria não pela alta demanda, mas pela possível escassez do produto.

Segundo consta na notificação, 22 municípios de Santa Catarina enfrentam paralisações nas estradas, de acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE