Chapecó | 18.02.2022 | 09h09 Saúde

Prefeitura não vai mais fiscalizar vacinação em eventos de Chapecó

A Vigilância Sanitária de Chapecó não vai mais fiscalizar a comprovação de vacinação contra a Covid em festas e eventos.

A decisão foi tomada na tarde desta quinta-feira, em reunião do prefeito João Rodrigues, com o secretário de Saúde, Luiz Carlos Balsan, o secretário adjunto de Saúde, Nédio Conci, e o gerente da Vigilância em Saúde, Rodrigo Momoli.

No entanto os eventos com mais de 500 pessoas precisam ter seu Plano de Contingência aprovados pela Vigilância Sanitária.

“Vamos deixar de conferir in loco, isso ficará a cargo de cada cidadão, pois já temos alto índice de vacinação e o número de ativos também está diminuindo. Mas continuamos incentivando a vacinação e vamos abrir um novo Vacimóvel, para atender os bairros”, disse o prefeito.

Vacimóvel
A partir de 2 de março o primeiro Vacimóvel ficará atendendo a região central da cidade e um segundo Vacimóvel atenderá os locais mais distantes do centro.

De acordo com o secretário Luiz Carlos Balsan, o Vacimóvel foi uma inovação no sentido de aproximar o serviço público das pessoas, disponibilizando a vacinação em horários e locais diferenciados, sem agendamento e em pontos onde há mais fluxo de pessoas.

Outra mudança será o fechamento da reitoria da UFFS, que atendia de segunda sábado pela manhã, e abertura da Unochapecó, nas segundas e sextas-feiras à tarde, das 13h30 às 16h30, e nas quartas-feiras à noite, das 18h30 às 21h30.

De acordo com o gerente de Vigilância em Saúde, Rodrigo Momoli, os ajustes foram definidos em função da demanda e também para ampliar o atendimento. A UFFS poderá ser utilizada esporadicamente como ponto de vacinação, aos sábados.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: PREFEITURA DE CHAPECÓ