Chapecó | 13.05.2022 | 08h08 Polícia

Criança pede socorro a monitor de ônibus após ser estuprada pelo padrasto em Chapecó

A Polícia Civil, através da DPCAMI, representou pela prisão preventiva de homem de 55 anos suspeito por praticar um crime de estupro de vulnerável contra a enteada de 10 anos, em Chapecó.

CRIME
O caso chegou ao conhecimento da DPCAMI na última terça feira (10/05). A situação chamou bastante atenção dos policiais, haja vista que a menina entregou um bilhete ao monitor do transporte que a levava até a escola que estudava.

No papel ela dizia “me ajuda estou sofrendo abuso sexual”. O monitor imediatamente acionou o Conselho Tutelar que levou o caso à polícia.

A vítima e testemunhas foram ouvidas, perícias realizadas e outras diligências foram efetivadas a fim de angariar elementos que comprovassem os fatos denunciados. Um Inquérito Policial foi instaurado e o Delegado de Polícia responsável pelo caso representou pela prisão preventiva do acusado. O pedido teve parecer favorável do Ministério Público e foi deferida pelo Poder Judiciário.

O suspeito foi preso pelo Setor de Investigações da DPCAMI de Chapecó.

O homem foi encaminhado para o presídio de Chapecó, onde permanecerá a disposição da Justiça.

O que chamou a neste caso, foi a forma em que a criança pediu ajuda. O Delegado Eder Matte destaca que aquela atitude foi um pedido de socorro e que a vítima deveria estar vivenciando uma situação terrível. Também destaca que a maioria dos abusos sexuais praticados contra crianças e adolescentes ocorrem no ambiente familiar.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Polícia Civil