Chapecó | 12.05.2021 | 15h15 Economia

Cresce confiança do consumidor chapecoense

Neste mês, os consumidores chapecoenses se tornaram mais otimistas em relação às condições econômicas futuras. O Índice de Confiança do Consumidor Chapecoense (ICC) de abril para maio, teve crescimento de 6,11%, o que representa 69 pontos, 3,97 a mais do que o indicador anterior. De acordo com o curso de Ciências Econômicas da Unochapecó e o Sicom Pesquisas, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, há aumento de 26,81% nos últimos 12 meses.

Conforme a responsável pelo levantamento do ICC, professora Cássia Heloisa Ternus, os fatores que podem ter influenciados positivamente nas perspectivas são a flexibilização das restrições impostas pelo Covid-19, a estabilidade nos casos em Chapecó e a aceleração da vacinação.

A amostra, realizada entre os dias 16 e 28 de abril, foi composta por entrevistas com 119 mulheres e 53 homens de diversas faixas etárias e classes de renda. O aumento do ICC foi puxado pela maior confiança da população com idade entre 45 e 65 anos (27,50%), acompanhado pelo grupo das pessoas com renda maior ou igual a R$ 4 mil (12,74%). Já os grupos que registraram as variações negativas mais significativas foram aqueles das pessoas com idade até 24 anos (-6,32%), seguido pelos consumidores chapecoenses com renda até R$ 2 mil (-0,52%).

Vacinação contra a gripe
Os associados do Sicom podem utilizar convênio para vacina contra a gripe. É uma parceria com a Prevenção Vacinas, que disponibiliza a vacina tetraviral contra a gripe, por meio de condições especiais para empresários associados e colaboradores das respectivas empresas da área de abrangência de 25 municípios do Sicom.

Para informações complementares sobre a vacinação, como custo e agendamento da aplicação, pode ser mantido contato com o Sicom, através do e-mail sicom@sicom.com.br, ou com a Prevenção Vacinas, pelo telefone (49)3322-4307.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: SICOM