São Paulo | 16.07.2021 | 22h22 Geral

BRASIL: Pintor é expulso de restaurante por "comer demais" em rodízio

Um homem foi expulso de um restaurante em São Paulo na última terça-feira (13) por "comer demais" durante um rodízio. O pintor João Carlos pagou R$ 19,90 e repetiu 14 vezes a refeição. Quando o cliente foi pegar o 15º prato, foi impedido pelos funcionários do estabelecimento.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

"Os caras mandaram eu parar só por causa disso aqui ó: eu comi 14 pratos", disse o pintor em vídeo que viralizou nas redes sociais. Na gravação, o homem aparece dando risada e exibindo uma mesa repleta de pratos sujos.

De acordo com ele, o restaurante devolveu o dinheiro pago no rodízio e pediu para que ele fosse embora e parasse de comer.

"Estou fazendo esse vídeo pra mostrar que isso não se faz, não. Me botaram para correr. O cara falou que não vai me servir mais, não, então estou deixando registrado", continua.

Depois da repercussão do vídeo, o pintor decidiu ir ao restaurante de novo e, dessa vez, comeu 23 pratos de comida. "Esse é o resultado de me deixar comer a vontade, ó", concluiu.

VEJA O VÍDEO

Restaurante se posiciona
Em nota, o Ragazzo disse que entrou em contato com o cliente para esclarecer o ocorrido. O restaurante alega que em nenhum momento destratou o cliente e que o caso não passou de uma "produção de conteúdo para as redes sociais particulares" dele.

Leia a íntegra abaixo:
O Ragazzo informa que entrou em contato com o Sr. João Carlos Apolonio, cliente assíduo da unidade Gentil de Moura, na região do Ipiranga, para esclarecer o ocorrido. O caso não passou de uma produção de conteúdo para as redes sociais particulares do cliente, que em momento algum foi distratado ou incentivado a deixar o restaurante pela equipe de operações da rede.

Reforçamos que na promoção Rodízio de Massas & Coxinhas Ragazzo, os clientes podem consumir os pratos selecionados do programa sem limitação de quantidade, conforme estabelece o regulamento oficial disponível no site, redes sociais e lojas físicas da marca.

Fonte: IG