Florianópolis | 03.08.2022 | 10h10 Polícia

Bandidos que protagonizaram tiroteio em SC têm 134 passagens policiais

Os criminosos que assaltaram uma loja de celulares e atropelaram quatro pessoas durante sua fuga, no Centro de Florianópolis, nesta terça-feira (2), têm 134 passagens policiais. Um deles foi preso e outro morreu após perseguição policial, na Beira-Mar Norte.

De acordo com o secretário de Segurança Pública de Florianópolis, o coronel Araújo Gomes, o suspeito preso é natural de Caçador, no Oeste do Estado. Ambos os criminosos moravam em Papaquara, comunidade no Norte da Ilha.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito preso tem passagens por tráfico de drogas, ameaça, lesão corporal, resistência, desobediência, desacato, roubo, furto, estelionato, fuga de presídio, posse de drogas e receptação. Ele tem 56 passagens pela polícia.

Há ainda a suspeita de que, no dia 25 de julho, o criminoso tenha participado de dois assaltos na região de Palhoça, sendo um numa conveniência de posto de gasolina e depois o roubo de um veículo para fuga.

Já o suspeito morto, de 24 anos, tem 78 antecedentes criminais. Entre eles tráfico, dano, receptação, furto, roubo, resistência, desobediência, ameaça, lesão corporal, estupro, além de quatro mandados de prisão cumpridos.A ação policial durou cerca de 15 minutos. Após o policial à paisana identificar o roubo à loja de celulares, no Centro da Capital, a troca de tiros seguiu até em frente ao Ticen.

Durante o trajeto até a Beira-Mar Norte, os criminosos atropelaram quatro pessoas. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Celso Ramos, com escoriações leves.

Ainda conforme informações da PM, foram roubados 12 celulares e cerca de R$ 200, que foi encontrado no veículo utilizado na fuga.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: ND +