Chapecó | 12.02.2021 | 16h41 Esportes

Alan Ruschel se despede da Chapecoense e clube agradece atleta pelos anos de dedicação

Depois de ter atuado pela Chapecoense em 99 partidas e seis temporadas - 2013, 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020 - o lateral esquerdo Alan Ruschel encerrou o vínculo contratual com a equipe alviverde e defenderá o Cruzeiro nos compromissos de 2021 do time mineiro. Durante a passagem pelo Verdão, Alan se tornou um dos maiores símbolos da reconstrução do clube, além de um exemplo de superação. Foi o capitão das últimas conquistas recentes da Chapecoense - o Campeonato Brasileiro da Série B e o Campeonato Catarinense de 2020 - e esteve presente nas campanhas do acesso de 2013 e 2020 e na conquista do campeonato estadual e da Taça Sul-Americana em 2016.

A primeira passagem de Alan Ruschel pela Chapecoense foi em 2013, quando o atleta participou da campanha que garantiu à equipe alviverde o inédito acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Na oportunidade, o lateral esquerdo disputou seis partidas e marcou um gol - anotado na goleada alviverde sobre a equipe do Boa Esporte.

A segunda passagem do atleta pelo Verdão teve início em junho de 2016, quando Alan - vindo de empréstimo do Internacional - foi reapresentado, ao lado de Felipe Machado, como reforço para a Série A e, também, para a disputa da Sul-Americana. No mesmo ano, o atleta foi um dos seis sobreviventes do acidente aéreo que vitimou a delegação que viajava à Colômbia para partida contra o Atlético Nacional de Medellin. 17 dias após o trágico ocorrido, ele retornou ao Brasil e concedeu a sua primeira entrevista, bastante emocionado.

“É uma alegria grande por poder estar aqui de novo, sentado aqui, mas, ao mesmo tempo, é um luto por ter perdido vários amigos. Mas, como eu postei uma foto esses dias falando, seguirei em frente honrando os que hoje foram morar com Deus. Honrarei seus familiares que aqui ficaram e que hoje estão sentindo a dor. Farei de tudo para voltar a jogar porque a gente tinha dentro daquele vestiário uma união muito forte. Além de colegas de profissão, a gente era amigo. Então, é isso que eu vou levar da Chapecoense antes do acidente”.

No dia 7 agosto de 2017 - pouco mais de oito meses após o acidente aéreo - Alan Ruschel emocionou a todos com o seu retorno aos gramados. O fato aconteceu no Camp Nou - um dos grandes templos do futebol mundial - quando a Chapecoense enfrentou o Barcelona em jogo amistoso que rendia à equipe vencedora o Trofeu Joan Gamper. Alan permaneceu em campo até os 35 minutos do primeiro tempo e foi ovacionado por figuras como Lionel Messi, Suárez e Iniesta. Pouco tempo depois, em amistoso realizado contra a Roma no Stadio Olimpico di Roma, o atleta marcou o seu primeiro gol após o recomeço.

Depois de uma temporada em busca de constância em 2018, em 2019 Alan teve o seu empréstimo confirmado para a equipe do Goiás, onde permaneceu até o final daquele ano. De volta à equipe catarinense, Alan reconquistou o seu espaço e tornou-se peça fundamental na equipe que conquistou o título catarinense, o acesso para a Série A e o título da Série B.

Por toda a história construída - dentro e fora de campo - com a camisa da Chapecoense, o clube - em nome da sua diretoria e de toda a sua torcida - expressa a mais sincera gratidão e o desejo de uma trajetória pavimentada por muito sucesso e ainda mais conquistas.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: Associação Chapecoense de Futebol