Chapecó | 06.03.2018 | 09h47 Economia

Vendas da indústria de SC crescem 12,87% em janeiro

As vendas da indústria catarinense fecharam janeiro de 2018 com crescimento real de 12,87% na comparação com o mesmo mês de 2017. Em relação a dezembro do ano passado, o setor registrou alta de 9,29% considerando dados dessazonalizados. Esta foi a primeira alta no mês após quatro anos de retração. As informações são do Observatório da Indústria, instituição responsável pelas estatísticas do Sistema Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina).

Os números mostram uma retomada consistente do setor industrial do Estado, com desempenho melhor do que a média do país. Em relação o mês anterior, enquanto SC cresceu 9,29%, a média brasileira foi uma queda de 0,1% e na comparação com janeiro de 2017, o faturamento no país cresceu 7,7%. Considerando horas trabalhadas na produção, pessoal empregado, massa salarial e utilização de capacidade instalada, o único decréscimo em SC ocorreu nas horas trabalhadas, com redução de 1,15% enquanto no país houve crescimento de 0,4%.

Entre as 14 atividades pesquisadas pela Fiesc em janeiro frente ao mesmo mês de 2017, 12 cresceram. As maiores altas foram de produtos metalúrgicos, com 36,9%, produtos alimentícios (29,5%), vestuário e acessórios (29,2%), minerais não metálicos (22,5%), veículos automotores, reboques e carrocerias (20,2%), metalurgia (15,4%) e máquinas e equipamentos (11,8%). Os únicos recuos foram nos produtos de borracha e material plástico (-0,9%) e produtos de madeira (-3,6%).

Para este ano, o observatório prevê certa estabilidade na alta das vendas da indústria de SC.

O que diferencia o setor catarinense e permite desempenho melhor é a alta diversificação, empresas de todos os portes, com atuação nos mercados interno e externo.

Fonte: NSC total