Chapecó | 03.07.2020 | 18h47 Geral

Veja detalhes sobre a vinda de Bolsonaro a SC neste sábado

Assessores do Palácio do Planalto estão em Florianópolis nesta sexta-feira (3) para definir detalhes sobre a vinda do presidente Jair Bolsonaro ao Estado, neste sábado.

A previsão é que o avião presidencial aterrisse no aeroporto da Capital às 8h30. Bolsonaro visitará áreas atingidas pelo ciclone bomba que deixou um rastro de destruição em SC.

Um helicóptero da Força Aérea Brasileira estará à espera da comitiva do presidente. Virão com ele de Brasília o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o secretário Nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior.

Embarcarão no helicóptero, além dos membros da comitiva, parlamentares como o senador Jorginho Mello e o deputado federal Daniel Freitas, coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, e a vice-governadora Daniela Reinehr, que representa o Governo do Estado – o governador Carlos Moisés, diagnosticado com Covid-19, está em isolamento.

O sobrevoo incluirá a região da Grande Florianópolis e possivelmente, outras cidades na Serra e do Meio-Oeste do Estado. Esses detalhes ainda estão em definição. A previsão é que essa parte da agenda seja concluída até 11h.

O presidente retornará ao aeroporto, onde vai se reunir com outras autoridades para deliberações. A expectativa é que anuncie liberação de recursos para ajudar na reconstrução das cidades afetadas.

Embora a agenda oficial indique que todos os compromissos do presidente serão cumpridos no terminal, não se descarta a possibilidade de que a reunião ocorra em outro local. Nesse caso, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) cuidará da escolta do presidente.

A visita a Santa Catarina deve terminar por volta de 14h, quando Bolsonaro retornará a Brasília.

Helicóptero chega antes
Visitas presidenciais exigem uma série de detalhes de segurança. Um deles é que o helicóptero usado por Bolsonaro precisa estar em Santa Catarina antes do presidente. A aeronave que fará o sobrevoo pelas áreas atingidas pelo ciclone precisa “ensaiar” as manobras.

A equipe de cerimonial do Palácio do Planalto ainda não informou se o helicóptero já está no Estado e quando será feito o ensaio.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: NSC total