Chapecó | 15.07.2019 | 14h00 Mundo

Turistas confundem lixão tóxico com um lago paradisíaco

A cor da lagoa extremamente azulada e com águas cristalinas impressionam turistas que visitam um suposto ponto turístico na cidade de Novosibirsk, na Rússia. O local virou sucesso instantâneo nas redes sociais após vários influencers postarem fotos às margens e até mesmo dentro do lago.

Quem olha por fora imagina o cenário perfeito para passar as férias de verão com amigos e familiares. Entretanto, o lago transparente é causado na verdade por uma reação química provocada pelo despejo de óxido de cálcio e outros metais pesados que são extremamente prejudiciais à saúde.

De acordo com a Siberia Generating Company, empresa responsável pela termoelétrica que despeja os rejeitos, a água possui um índice de pH que passa de 8 e alerta para moradores tomarem cuidado ao se aproximarem do local.

Ainda segundo a empresa, a lagoa possui lama nas profundezas e há riscos de mergulhadores não conseguirem sair da água sozinhos.

Fonte: OCP NEWS