Pinhalzinho | 12.06.2019 | 20h21 Polícia

Três integrantes de uma associação criminosa que atuava no Oeste são presos

A Polícia Civil, por meio das Delegacias de Pinhalzinho e Saudades, indiciou três homens que integravam uma associação criminosa que praticava furtos na região Oeste.

Durante a investigação ficou comprovado que “Prejuízo”, de 25 anos, “Bili”, de 30 anos, e “Bola”, de 37 anos formavam, já há algum tempo, uma associação criminosa, que vinham praticando vários furtos em Pinhalzinho e região. Apurou-se que "Prejuízo" e "Bili" são autores de dois furtos praticados na tarde de 21 de janeiro, em linha São Sebastião e Aparecida, ambas as comunidades localizadas no interior de Pinhalzinho.

Na oportunidade, os dois subtraíram das residências das vítimas vários objetos, dentre eles uma caixa de som, um botijão de gás, um disco de fogareiro, uma caixa de cerveja, uma chave “Philips” e uma chave de fenda.

Os dois são ainda suspeitos de furto em outros dois inquéritos em andamento na Delegacia de Pinhalzinho, de uma junta de bois ocorrido na linha Galeazzi no mês de março deste ano e de um aparelho de solda, de uma roçadeira e de uma balança ocorrido ainda em 2017, ambos também praticados em Pinhalzinho.

"Bili" é suspeito ainda, juntamente com "Bola", da prática de outros dois furtos ocorridos em Saudades. No primeiro, praticado em janeiro do ano passado, durante à noite, em uma propriedade localizada na Linha Cruzeiro, foi levado uma roçadeira e uma sacola com alguns objetos pessoais de serviço da vítima. No segundo, em fevereiro deste ano, também durante a noite, eles entraram no Salão da Comunidade Santo Afonso, e de lá levaram uma geladeira, cinco caixas de cerveja, dez espetos e uma mangueira.

"Bola" é suspeito também da prática de dois furtos praticados em março do ano passado, no centro de Saudades. Na oportunidade, com o auxílio de terceiros, entrou em duas casas vizinhas (cujas vítimas são pai e filho) e delas subtraiu inúmeros objetos, dentre os quais, um forno elétrico, um micro-ondas, um fogão embutido, uma TV 32 polegadas, além de vários calçados, roupas e perfumes. De posse desses objetos, eles foram com um caminhão para Nova Itaberaba, onde parte dos bens foi recuperada pelos policiais desta Delegacia ainda no ano passado.

De posse de todas essas informações, após pedido da Autoridade Policial de Pinhalzinho e Saudades, e manifestação favorável do Ministério Público, o Poder Judiciário decretou nesta semana a prisão preventiva dos três criminosos.

"Prejuízo" foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (11) em Pinhalzinho e encaminhado à UPA de Maravilha. Os outros dois foram presos na tarde desta quarta-feira (12) em Chapecó e encaminhados ao Presídio Regional de Chapecó.

Os três foram indiciados, em todos os casos, por associação criminosa e furto qualificado. Os inquéritos serão concluídos nos próximos dias e encaminhados ao Poder Judiciário.

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Polícia Militar