Chapecó | 15.10.2020 | 11h11 Polícia

Traficante foi morto por não vender drogas à usuário sem dinheiro em Chapecó, aponta investigação

A Polícia Civil, por meio da sua Divisão de Investigação Criminal (DIC), elucidou o homicídio de Artur Ricardo Corrêa Koop,de 20 anos. O crime aconteceu no dia de 23 de junho no bairro Efapi.

De acordo com a investigação, o criminoso foi até a casa da vítima de bicicleta, chamou a mesma que foi até a janela, momento em que foi alvejada com disparos de arma de fogo. Após o crime o suspeito empreendeu fuga, porém o fato foi flagrado por uma câmera de segurança instalada nas proximidades.

O criminoso teria ido até a casa da vítima por duas vezes, a primeira para comprar droga, porém como estava sem dinheiro, o traficante negou a entrega. Momentos depois o criminoso retornou ao local e efetuou dois disparos de arma de fogo contra Artur, um que atingiu o ombro e outro o tórax. A vítima chegou a ser socorrida, porém não resistiu e foi a óbito.

O autor dos disparos foi capturado no dia 28 de setembro e está preso preventivamente, onde permanece a disposição do Poder Judiciário. Durante o interrogatório ele negou os fatos.

Ele foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e por recurso que dificultou a defesa da vítima.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Polícia Civil