Chapecó | 03.02.2019 | 18h43 Esportes

Torcida de adversário da Chape ameaça jogar bomba para adiar jogo da Sul-Americana

A torcida do Unión La Calera, do Chile, ameaçou jogar uma bomba para adiar o jogo contra a Chapecoense, com direito a cartaz de aviso colado na parede do estádio Nicolás Chahuán. O motivo é que parte deles não gostou da mudança no escudo da equipe, apresentado no final de janeiro. A informação e fotos são do jornal La Cuarta.

Os torcedores ameaçam jogar bombas caso o escudo não volte ao modelo original. Eles dão um prazo até segunda-feira, às 16h. Foram colocados cartazes com avisos em diferentes setores do estádio.

A polícia chilena está no estádio para investigar a situação e os possíveis autores das mensagens. O Unión La Calera ainda não se manifestou sobre a situação.

O clube chileno vai disputar o primeiro torneio internacional e é pouco conhecido fora do país. A ira de parte da torcida começou no dia 30 de janeiro quando o clube apresentou as reformas no estádio Nicolás Chahuán, além do nova camisa e escudo. Eles alegam não haver motivo para a mudança. Inicialmente, estavam previstos apenas protestos, mas as ameaçam passaram para outro nível.

Os times se enfrentam na próxima terça-feira, no estádio municipal Nicolás Chahuán, em La Calera, interior do Chile, pela primeira fase da Copa Sul-Americana. A partida está marcada para as 21h30 (horário de Brasília).

Foto: Jornal La Cuarta

Fonte: GLOBO ESPORTE