Chapecó | 21.12.2018 | 16h02 Geral

Tiquin deixará de prestar serviços de transporte coletivo em Chapecó

A Administração Municipal informa que a empresa Transporte e Turismo Tiquin, que hoje atende a Região Leste da cidade e detém 20% do serviço de transporte coletivo urbano em Chapecó, oficiou a intenção de encerrar sua prestação de serviço ao Município, justificando dificuldades técnicas de seguir operando e realizando a oferta regular do transporte.

O Município após análise jurídica, com o conhecimento do Ministério Público, e principalmente na intenção de resguardar a satisfação, segurança e continuidade da prestação do serviço ao cidadão chapecoense, acatou o pedido e deliberou pela tomada de medidas administrativas necessárias para realizar a transição do serviço.

Levando em conta o período favorável para a transição, devido ao menor impacto social e operacional, pela redução no número de usuários decorrente dos feriados de fim de ano e férias coletivas de empresas, escolas e universidades, ficou definido que a empresa Concessionária Auto Viação Chapecó irá absorver as linhas que até então eram atendidas pela Tiquin.

As duas concessionárias assinaram um Tempo de Compromisso para este período de transição. Com isso, não haverá mudança de horários, itinerários ou pontos de embarque/desembarque. Os cartões (verdes) até então utilizados pela Tiquin, continuarão válidos e poderão ser usados normalmente nos ônibus da Auto Viação Chapecó. Os créditos que o usuário possuiu em seu cartão não perdem validade.
Sendo assim, a empresa Tiquin opera normalmente até o dia 29 de dezembro e a partir do dia 30 de dezembro a Auto Viação assume a totalidade do serviço público de transporte coletivo de Chapecó.

A Administração Municipal reforça que o serviço será prestado pela Auto Viação dentro das características do vínculo jurídico vigente, adequado às condições exigidas pelo caráter emergencial e precário. O Município informa ainda que o novo processo licitatório está em sua fase externa, passando pela análise técnica da proposta de preços. Ocorrendo a homologação e contratação da empresa vencedora, o transporte coletivo urbano passará a operar nos novos moldes do Edital e não mais em caráter precário ou transitório.

Foto: Chapeco.org

Fonte: CHAPECÓ.ORG