Porto Alegre | 07.08.2019 | 12h02 Justiça

STJD denuncia Inter por caso de agressão a gremista no Gre-Nal

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou o Inter por conta do caso de agressão a uma torcedora gremista dentro do estádio Beira-Rio, no clássico Gre-Nal do último mês, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube gaúcho pode pegar multa de até R$ 100 mil no julgamento da próxima sexta-feira, às 14h, na 4ª comissão disciplinar do tribunal. O caso ocorreu após o apito final, nas arquibancadas da casa colorada.

O Inter foi enquadrado no artigo 213, inciso I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto". A pena prevê multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

Entenda o caso

O caso ocorreu no último dia 20 de julho, quando uma torcedora do Grêmio e seu filho, no setor destinado a colorados, comemoraram o empate e ostentaram uma camisa tricolor abaixo dos torcedores visitantes presentes. Uma torcedora colorada hostilizou a dupla, levando o menino às lágrimas, e empurrou a mãe. A camisa gremista foi retirada da dupla e depois devolvida fora do Beira-Rio.

Os gremistas, depois do ocorrido, visitaram o CT Luiz Carvalho e assistiram a um treino do Grêmio. Ganharam camisetas dos jogadores, luvas do goleiro Paulo Victor e carinho geral. Também estiveram em um camarote na vitória por 2 a 0 do Grêmio sobre o Libertad, nas oitavas de final da Libertadores.

Fonte: GLOBO ESPORTE