Chapecó | 17.07.2017 | 14h31 Geral

Rio Grande do Sul registra queda de neve granular em quatro cidades nesta segunda-feira

Canela, Gramado e Caxias do Sul, na serra gaúcha, e Palmeira das Missões, na Região Noroeste do estado, registraram o fenômeno. Frio chegou com intensidade ao estado e temperatura deve cair ainda mais ao longo do dia.

Quatro cidades gaúchas tiveram queda de neve granular nesta segunda-feira (17), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Canela, Gramado e Caxias do Sul, na serra gaúcha, e Palmeira das Missões, na Região Noroeste do estado, registraram o fenômeno.

Moradores de Pinheiro Machado, na Campanha, também presenciaram o fato ainda na noite de domingo (16). Neve granular são pequenos cristais de gelo.

Além dessas quatro cidades, o Inmet informou ainda a ocorrência de chuva congelada em Soledade, Caseiros, São Francisco de Paula, Teutônia, São Marcos, Crissiumal, Passo Fundo e Nova Prata.

O frio chegou com intensidade ao Rio Grande do Sul, por causa de uma forte massa de ar polar vinda da Argentina. São José dos Ausentes, nos Campos de Cima da Serra, teve a menor marca do estado. O amanhecer foi congelante e a temperatura foi caindo ainda mais ao longo da manhã.

Por volta das 5h, fazia 3,4°C, com sensação térmica de -3°C. Perto das 9h, a temperatura era de 0,8°C, a menor do estado. E a sensação térmica continuava negativa: -7°C.

Ao todo, 15 cidades tiveram sensação térmica negativa, conforme o levantamento do Inmet. Em Porto Alegre, a mínima foi de 7,5ºC.
Ao longo do dia, a previsão é que as temperaturas caem ainda mais, principalmente na Serra. As temperaturas ficam baixas na parte da tarde e a sensação de frio aumenta muito entre noite e madrugada do dia seguinte.

Na terça (18), não há mais chance de neve porque a umidade diminui, mas pode haver chuva congelada na serra gaúcha e formação de geada na Fronteira Oeste e Campanha.

Além do interior, pode gear até mesmo na capital. Mesmo com o sol predominando no decorrer da tarde, as máximas não se elevam muito, e a sensação de frio se mantém, com temperaturas entre 2°C e 12°C em Porto Alegre.

Chuva congelada e neve granular
Segundo o Inmet, há uma diferença entre os fenômenos. A chuva congelada ou congelante ocorre quando a chuva cai de forma líquida, e atinge o ponto de congelamento ao entrar em contato com a superfície.

No caso da neve, a precipitação ocorre na forma de flocos formados de cristais de gelo - ou seja, a água precipita já em estado sólido. Esses cristais de gelo geralmente se formam em nuvens onde as temperaturas são menores que -20°C, mas só chegarão em forma de neve se a coluna de ar vertical estiver totalmente fria, ao contrário da chuva congelada onde o meio da coluna de ar pode apresentar uma temperatura mais alta.

Também existem neves tipo úmida e seca. O primeiro caso é caracterizado por grandes flocos que se formam com temperaturas do ar em superfície próximas de zero e no segundo caso a neve ocorre quando os termômetros estão apresentando valores muito abaixo de zero.

Há casos em que a chuva congelada e a neve, que neste caso é granular, ocorrem ao mesmo tempo. A neve granular são grãos de gelo ligeiramente achatados ou alongados, com diâmetro geralmente inferior a 1 mm. Porém, elas não se despedaçam quando caem em uma superfície.

Fonte: G1