Chapecó | 10.01.2018 | 20h54 Bombeiros

Queda de árvore provoca morte de menina de oito anos em São João Batista

Uma menina de apenas oito anos, identificada como Gabriele Hayana Amorim Lopes, morreu na tarde desta quarta-feira após uma árvore de grande porte cair sobre o telhado da garagem da casa onde ela brincava, no bairro Ponta Fina, em São João Batista, na Grande Florianópolis. Outra menina de 13 anos, que seria irmã da vítima e também brincava no local, teve ferimentos leves e foi socorrida pelos bombeiros.

De acordo com o cabo do Corpo de Bombeiros Militar de São João Batista, Evandro Luis dos Santos, que participou do atendimento da ocorrência, a árvore estaria podre e, por conta do excesso de chuva, acabou cedendo sobre o telhado do que seria uma garagem, anexa a residências das meninas. Conforme o cabo, a mãe da vítima estaria em casa no momento do acidente.

Ao todo, três bombeiros militares, um bombeiro comunitário, e socorristas da equipe do Samu de Nova Trento participaram do atendimento da ocorrência em São João Batista, que foi a primeira registrada na cidade por conta das chuvas. Conforme a Defesa Civil, nas últimas 24 horas, choveu um total de 32,8 milímetros (mm) no município.

Pelo menos sete municípios já registram ocorrências

De acordo com a Defesa Civil do Estado, até a tarde desta quarta-feira pelo menos sete municípios já registraram algum tipo de ocorrência por conta das chuvas, entre eles a Serra do Rio do Rastro, Imbituba, Florianópolis, Braço do Norte, São José, São João Batista e Biguaçu.

Também conforme a Defesa Civil, até a tarde desta quarta-feira, cinco pessoas estariam desalojadas, mas não há registro de desabrigados. Ao todo, 26 pessoas foram afetadas pelos efeitos da chuva constante e seis casas foram danificadas. Até o momento, já foram distribuídos quatro rolos de lonas no Estado.

Ainda na tarde desta quarta-feira a Defesa Civil alertou sobre o risco de alagamentos e deslizamentos no Estado. Somente nas últimas 24 horas, o volume de chuva no litoral catarinense já superou os 100mm, especialmente entre o Litoral Sul, Grande Florianópolis até o Litoral Norte.

Conforme a previsão do tempo da Epagri/Ciram, a chuva deve continuar até essa sexta-feira, dia 12, com intensidade moderada em alguns momentos, podendo acumular de 80mm a 120mm, especialmente de Florianópolis a Laguna.

Em Florianópolis, conforme a Defesa Civil, desde as 6h de terça-feira, dia 9, até às 8h desta quarta-feira, choveu mais de 100 mm, o que representa 50% da chuva do mês em apenas um dia.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE