Lages | 09.09.2019 | 12h31 Geral

Quatro meses após morte do cão-bombeiro Barney, soldado começa a treinar novo filhote em Lages

Quatro meses após a morte do cão-bombeiro Barney, o soldado Luciano Rangel ganhou um novo companheiro: o cão Orion. O filhote de Labrador será treinado para atuar com o tutor em salvamentos feitos pelo 5º batalhão de Lages, na Serra catarinense.

Barney morreu ao pular no Rio Urussanga em Içara, no Sul do estado, durante buscas por uma pessoa desaparecida. O acidente ocorreu em 2 de maio. O cachorro atuava em situações de buscas e foi levado a Brumadinho (MG) para ajudar a encontrar vítimas.

Conforme o Corpo de Bombeiros, Orion nasceu em Jundiaí, no interior de São Paulo. O cão passou por diversos testes de saúde antes de chegar a Santa Catarina.

“O Barney sempre vai estar presente na minha vida e é muito importante para mim. O Orion começa a trajetória dele comigo agora e nós vamos trabalhar muito para que ele possa traçar o próprio caminho. Um nunca vai ser substituto do outro”, conta o soldado.

O filhote foi escolhido aos 65 dias entre quatro cães. Segundo Rangel, ele responde bem aos estímulos, gosta de brincar e é curioso, além de colaborativo e independente.

Orion passou a morar na casa de Rangel e será treinado até os 18 meses, para depois ser submetido à primeira certificação para atuar como cão de busca e resgate.

Fonte: G1 Santa Catarina