Catanduvas | 22.09.2020 | 20h20 Justiça

Quadrilha que assaltava bancos no Oeste é condenada a mais de 100 anos de prisão

A Justiça da Comarca de Catanduvas condenou seis pessoas apontadas por uma investigação da Polícia Civil como integrantes de uma quadrilha de roubo a bancos que agia na região do Meio-Oeste. As penas chegam a mais de 110 anos de reclusão.

O bando foi investigado e preso pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joaçaba. Os policiais prenderam a quadrilha que estava se preparando para cometer um roubo a banco na região de Catanduvas. O grupo foi interceptado em março de 2019 e é responsável por vários roubos a bancos, em Catanduvas, Passos Maia e Paula Freitas, no Paraná.

Os criminosos invadiam a agência bancária nas primeiras horas da manhã e, utilizando marretas, arrebentavam os vidros e faziam reféns. Depois de conseguirem acesso ao cofre, eles fugiam. Na ação em Catanduvas, houve troca de tiros e um criminoso foi morto em confronto com os policiais.

Entre os condenados está um morador do município de Lindóia do Sul, condenado a 18 anos e quatro meses de prisão, e dois de Irani, um com pena de 48 anos e sete meses e outro com pena de nove anos e 10 meses. Além da condenação, que deverá ser cumprida em regime inicial fechado, o grupo terá que ressarcir o patrimônio subtraído em quase R$ 400 mil.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Polícia Civil