Florianópolis | 11.08.2019 | 14h32 Polícia

Quadrilha especializada em falsificar documentos para vender carros é presa em SC

A Polícia Civil de Palhoça, na Grande Florianópolis, desarticulou uma quadrilha que se utiliza de documentos falsos em negociação de veículos. Durante a ação realizada na sexta-feira (9), cinco suspeitos foram presos e dois mandados de busca e apreensão também foram cumpridos.

Segundo a polícia, o alvo investigado era formado por um grupo de ciganos que estava atualmente sediado no município e que aplicava golpes principalmente na região Sul do país.

A operação contou com o apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP) para a coleta papiloscópica dos investigados para fins de identificação criminal. Foram apreendidos documentos falsos, certidões de nascimento, cartões, contratos de golpes realizados, celulares, dois carros e outros materiais.

Após os procedimentos policiais, os presos aguardam audiência de custódia.

Investigação
Os trabalhos feitos na sexta-feira envolvem a segunda etapa de investigação que apura a prática dos crimes de estelionato, associação criminosa, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo. Dois suspeitos estavam com mandados de prisão aberto e foram cumpridos.

De acordo com o delegado Arthur Lopes, na primeira fase das ações realizada no início da semana foram autuados em flagrante dois suspeitos após serem surpreendidos em meio a negociação fraudulenta de um veículo, contando com o auxílio de dois adolescentes.

"Os dois adultos ficaram presos preventivamente por estelionato, associação criminosa e corrupção de menores. Eles foram soltos no meio da semana. Um desses adultos foi preso novamente ontem [sexta-feira]. Já os adolescentes responderão a procedimento próprio, haja vista a idade", explicou.

Fonte: G1 Santa Catarina