Chapecó | 24.10.2018 | 12h48 Economia

Proposta de R$ 111 milhões vence licitação da Casan

Uma proposta de R$ 111 milhões foi a vencedora da segunda etapa da licitação do projeto Chapecozinho, que vai abastecer Xanxerê, Xaxim Cordilheira Alta e Chapecó. A abertura dos envelopes foi nesta segunda-feira e, entre sete propostas, a vencedora foi a de um consórcio formado por uma empresa catarinense e duas paulistas, que não teve o nome divulgado.

A justificativa é que a vencedora ainda vai passar por avaliação técnica da Casan, para verificar se tem capacidade técnica de execução da obra. Isso terá que ser feito em 30 dias, com a publicação da proposta vencedora. Depois disso as empresas terão cinco dias úteis para recursos.

Essa licitação compreende a colocação do de 57 quilômetros de tubulação entre o Rio Chapecozinho, em Bom Jesus, até Chapecó. Também compreende a construção de uma estação de recalque de água bruta na captação do rio Chapecozinho, uma estação de tratamento de água em Xanxerê e dois reservatórios em Xanxerê e Xaxim.

A tubulação em aço carbono, com um metro de diâmetro, será construída pela empresa Centerval, de São Paulo, que venceu a primeira etapa da licitação, no valor de R$ 76 milhões. Os recursos para a obra serão liberados pelo Ministério da Integração Nacional.

Fonte: NSC total