Chapecó | 23.09.2019 | 16h26 Economia

Projeto fortalece movimento de inovação no Oeste catarinense

O projeto de organização, capacitação e motivação de ações de inovação para o Oeste catarinense – Movimento Inovação foi apresentado nesta semana na Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). O objetivo é formar uma rede de inovação na região Oeste, envolvendo empresas, associações empresariais e instituições de ensino, pesquisa e desenvolvimento. A iniciativa é da Unochapecó em parceria com a ACIC, a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e o Sebrae/SC.

De acordo com o professor da Unochapecó, Márcio Antônio Fiori, a intenção é estreitar o relacionamento entre a universidade e a iniciativa privada e, de maneira conjunta, desenvolver projetos de inovação. Os recursos iniciais para as atividades são de uma emenda parlamentar do senador Jorginho Mello. "A partir de agora, daremos início às ações, discutindo em conjunto projetos e ações para promover o desenvolvimento da região. A Unochapecó tem três programas de pós-graduação – em tecnologia e gestão da inovação, ciências ambientais e ciências contábeis e administração – com pesquisadores que podem contribuir com a realização de estudos aplicadas às necessidades das empresas", destacou Fiori. Além isso, a universidade, nos campi de Chapecó e São Lourenço do Oeste, disponibilizará toda sua estrutura de laboratórios para o projeto.

O público-alvo são empresas, instituições de ensino, pesquisa e desenvolvimento da região, associações empresariais, pesquisadores e comunidade em geral. A primeira fase do projeto é a motivação de empresas e de pesquisadores para a participação do arranjo e da realização de projetos de inovação. Posteriormente, será feita uma capacitação das empresas por meio de encontros para trabalhar conceitos, metodologias e fatores importantes para o sucesso do processo de inovação. Os encontros também terão apresentação de cases de sucesso. As primeiras reuniões estão agendadas para o dia 17 e 18 de outubro, em Chapecó e São Lourenço do Oeste, respectivamente.

Fiori explicou que a terceira ação será a elaboração de projetos de pesquisa e desenvolvimento para as empresas participantes, valendo-se de colaboradores das organizações, pesquisadores e das estruturas laboratoriais das instituições de ensino parceiras. "As empresas interessadas em participar precisam entrar em contato com os consultores regionais da Facisc, com a associação empresarial do município ou com a Unochapecó", orientou.

O presidente da ACIC Chapecó, Cidnei Barozzi, lembrou que a entidade e a Unochapecó possuem parceria em outras ações e que esse projeto fomentará a inovação e incentivará as empresas a buscarem por diferenciais. "As organizações necessitam olhar para o mercado e encontrar uma nova maneira de fazer negócios, para que possam se desenvolver fortes e sustentáveis".

Para o reitor da Unochapecó, Claudio Jacoski, o papel da instituição é agregar conhecimento. "O modelo que estamos implantando é de relacionamento com o setor produtivo, de uma universidade empreendedora. A base desse modelo são atividades como essa. Precisamos de um novo momento de desenvolvimento para região a partir da melhoria de produtos e processos, isso se dá com agregação de conhecimento e esse é o nosso papel. O projeto traz claramente essa relação, colocando a universidade ao lado para ajudar".

Também apoiam o projeto as Associações Empresariais de São Lourenço do Oeste (Acislo), de Pinhalzinho (ACIP), de Xanxerê (ACIX) e de Concórdia (ACIC).

Fonte: MB COMUNICACAO