Chapecó | 10.02.2018 | 12h59 Polícia

PRF prende suspeito de roubar carro e fazer motorista refém.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um suspeito de roubar um carro, fazer a motorista do veículo refém e viajar com ela por 200 km, de Santa Catarina até o Paraná.

O homem de 39 anos foi preso na tarde de sexta-feira (9) em Balsa Nova, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo a PRF, horas antes ele havia roubado o veículo em Camboriú, no litoral de Santa Catarina, e feito a motorista, de 31 anos, refém.

A polícia informou que, por volta das 15h30, a equipe de plantão na Unidade Operacional São Luiz do Purunã bloqueou a BR-277 após receber a informação da Polícia Civil do Paraná de que um veículo, com as mesmas características do que foi roubado no estado vizinho, estava prestes a passar pela rodovia.

Ao perceber a pista estava bloqueada, o suspeito atravessou o canteiro central e fez uma manobra brusca de retorno, sendo seguido por um carro da PRF. Em alta velocidade, os policiais disseram que ele colocou em risco os demais usuários da rodovia.

Durante o acompanhamento, a equipe policial perdeu o veículo e começou a fazer buscas em estradas rurais da região, já que o carro tinha perdido óleo ao atravessar o canteiro e não deveria ir muito longe.

Perto das 18h, a PRF foi até um posto de combustíveis, onde foi informada que havia um homem com atitude suspeita. Ele foi abordado e preso em flagrante com a chave do veículo na mão e uma carteira feminina com documentos e cartões em nome de uma mulher.

Com o suspeito, os policiais também encontraram um alvará de soltura, expedido pela 1ª Vara Criminal de Balneário Camboriú. Segundo a PRE, ele havia sido detido em janeiro por tráfico de drogas e foi solto na quinta-feira (8).

O homem deve responder, a princípio, pelos crimes de roubo, desobediência e direção perigosa.


A PRF informou que a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil em Campo Largo, também na Região Metropolitana de Curitiba, onde a vítima reconheceu o homem.

Relato da vítima
A vítima contou que foi abordada no final da manhã, quando saia de uma academia. O suspeito, segundo ela, tinha uma faca de cozinha e a obrigou a entrar no carro e sentar no banco do passageiro.

A mulher conseguiu desembarcar do carro quando o suspeito parou em um posto de combustíveis em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Na tentativa de fugir do criminoso, ela sofreu alguns arranhões e teve a blusa rasgada.

Ainda de acordo com a vítima, o homem disse que levaria ela até uma suposta reunião de uma facção criminosa em Londrina, no norte do Paraná.

(Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)

Fonte: G1