Chapecó | 17.07.2017 | 17h35 Geral

Previsão de neve lota hotéis e pousadas da Serra catarinense em plena segunda-feira

Os 5 mil leitos existentes na Serra de Santa Catarina, onde há expectativa de neve e geada nas próximas horas, estão praticamente lotados em plena segunda-feira, 17. Desde o último sábado, quando as previsões de temperaturas negativas tornaram-se mais certeiras, os hotéis e pousadas da região têm taxa de ocupação máxima. Empresários da região — especialmente de São Joaquim, Urubici, Lages, Urupema, Bom Jardim da Serra e Bom Retiro — acreditam que o movimento deve permanecer assim pelo menos até terça-feira, 17.

O presidente do Serra Catarinense Convention & Visitors Bureau Pedro Paulo Goulart da Silva, que tem uma pousada na "capital da maçã", detalha a demanda elevada para este início de semana. Apesar de comemorar o resultado, ele comprova a necessidade de ampliação da rede hoteleira na Serra.

— Baseado na movimentação da minha pousada, estamos praticamente em 100% de lotação desde sexta-feira. No grupo de WhatsApp que temos com hoteleiros e pousadeiros da região, é a mesma situação. São, principalmente, famílias com filhos pequenos que puderam esticar a estadia por conta das férias e da previsão de frio. Infelizmente, tivemos que mandar muitos turistas embora — admite.

Como alternativa, a Casa do Turista, em São Joaquim, orienta os visitantes que chegam sem reserva a hospedarem-se em casas de famílias. Tratam-se de quartos colocados à disposição dos turistas em residências de moradores registrados junto ao município — atualmente são aproximadamente 50 casas. No entanto, até mesmo nesses espaços a ocupação já é de 90%, conforme detalha a secretária municipal de turismo da cidade, Sara Dutra Corrêa.

— Está tudo lotado desde a última noite. Os turistas do próprio Estado vieram em peso. Montamos uma força-tarefa para atendê-los na Casa do Turista. Ontem [domingo] só fechamos às 00h30min e hoje devemos virar a noite. A intenção é proporcionar um mínimo de conforto, com chazinho de maçã e café, para quem ver o frio e não tem onde ficar. Quem quiser ficar em hotel ou pousada, a recomendação é que venha somente a partir de terça-feira, quando a ocupação deve baixar de 100% — projeta.

Em Urupema, todos os leitos de hotéis e pousadas também estão ocupados. A Secretaria de Turismo igualmente orienta os visitantes a procurar as casas de família que estão recebendo os visitantes. São pelo menos 40 espaços ofertados por R$ 80 a diária.

— O movimento tem sido muito bom, principalmente porque coincidiu com as férias escolares — comemora o prefeito de Urupema, Evandro Pereira.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE