Chapecó | 09.12.2016 | 21h09 Geral

Preparador físico aceita proposta e troca Bahia pela Chapecoense

Sensibilizado pela tragédia, Marcos Cézar vai trabalhar com Vagner Mancini na Chape.

O preparador físico Marcos Cézar não trabalha mais no Bahia. Ele procurou a diretoria do clube e informou que aceitou a proposta para retornar à Chapecoense, e o clube baiano não apresentou qualquer resistência. A informação foi veiculada pela assessoria tricolor na tarde desta sexta-feira.

Marcos Cézar chegou ao Bahia durante a temporada, junto com o técnico Guto Ferreira, vindo justamente da Chape. O profissional era um dos mais abalados com a tragédia envolvendo a equipe catarinense – na semana passada, o avião que levava a delegação para a Colômbia caiu, matando 71 pessoas. A mulher dele, inclusive, é de Chapecó.

Na Chapecoense, Marcos Cézar vai trabalhar com Vagner Mancini, anunciado pelo clube nesta tarde. A reformulação no departamento de futebol incluirá Nivaldo, ex-goleiro e ídolo da Chape, que será gerente da pasta. João Carlos Maringá, ex-vice presidente, também está de volta à Chape, como diretor. A diretoria também anunciou o preparador físico Marquinhos, cria do clube, como integrante da nova comissão técnica.

Fonte: G1