Chapecó | 27.11.2019 | 18h56 Saúde

Prefeitura alerta sobre a aparição de taturanas em Chapecó

Durante essa semana, foram registrados o aparecimento de 03 espécies de taturanas em Chapecó, inclusive, duas delas, nunca foram registradas no Município. Importante que a população esteja atenta aos cuidados para evitar acidentes. A Secretaria de Saúde de Chapecó faz um alerta, pois, o número de ocorrência está acima da média para o período e ao que tudo indica, as condições climáticas estão favoráveis para o aparecimento dessas espécies de animais.

Por isso, o alerta para que à população tenha cuidados com os animais peçonhentos. Estamos próximo da chegada do verão e do final de ano, época em que as famílias fazem passeios, atividades de lazer, acampamento, limpeza dos terrenos, enfim, mais contato com a natureza. Os acidentes por animais peçonhentos ocorrem quando há contato de humanos com animais que possuem a peçonha/veneno como mecanismo de defesa. Esse contato pode ocorrer através de mordidas, picadas, ferroadas, arranhões, contato com a pele ou ainda pela ingestão do animal peçonhento pela vítima.

Considerando que no verão existe um aumento da realização de atividades ao ar livre (como visitar parques, fazer trilhas) e de limpezas de habitações, quintais e terrenos, coincidindo com o período em que há deslocamento dos animais peçonhentos para alimentação e reprodução, deve-se atentar para as medidas de prevenção de acidentes:

a) utilizar equipamentos de proteção individual (EPIs) no manuseio de materiais de construção, lenhas, móveis, em atividades rurais, limpeza de jardins, quintais e terrenos, etc.;
b) observar com atenção os locais de trabalho e de passagem;
c) não colocar as mãos em tocas, buracos e espaços entre lenhas e pedras (utilizar ferramenta);
d) evitar aproximação de vegetação rasteira ao amanhecer e ao anoitecer (período de maior atividade de serpentes;
e) não mexer em colmeias e vespeiros (contatar autoridade local);
f) inspecionar antes do uso roupas, calçados, roupas de cama e banho, panos, tapetes, e afastar camas das paredes;
g) não depositar lixo, entulho e materiais de construção junto às habitações;
h) evitar que plantas e folhagens se encostem nas casas;
i) fazer controle de roedores (servem de alimento para serpentes);
j) evitar acampar em áreas onde é sabido que há roedores e serpentes;
k) não fazer piquenique às margens de rios, lagos e lagoas, e não se encostar em barrancos durante pescarias;
l) limpar regularmente e com EPIs móveis, cortinas, quadros, paredes e terrenos baldios;
m) vedar frestas, buracos, portas, janelas e ralos;
n) manter limpos jardins, quintais, paióis e celeiros;
o) combater insetos (especialmente baratas que servem de alimento para escorpiões e aranhas); e
p) preservar predadores naturais dos animais peçonhentos.

Serviço
Em caso de acidentes procure o serviço de saúde mais próximo de sua casa. Em Chapecó são 26 Centros de Saúde da Família que atendem das 07h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas. Uma UPA – Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, um PA – Pronto Atendimento no bairro e Efapi, além dos hospitais da Criança, Regional e particulares.

Fonte: PREFEITURA DE CHAPECÓ