Chapecó | 24.07.2020 | 18h02 Esportes

Prefeito de Chapecó defende a volta do futebol: "Mantém as pessoas em casa"

O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, defendeu o retorno do futebol, em especial do Campeonato Catarinense, em meio à pandemia da Covid-19. Para ele, a volta dos jogos ajuda os torcedores a ficarem em casa, uma das únicas formas comprovadas de combater o vírus.

Em entrevista à Rádio Condá FM, Buligon falou sobre os cuidados das equipes do estadual, apesar do alto número de casos positivos na própria Chapecoense, que chegou a 26 pessoas com Covid-19 entre atletas, comissão técnica e funcionários.

- Concordo que com essas regras estabelecidas de testagem, e a Chapecoense realizou sete testes, então diante disso, o campeonato tem que continuar mesmo. Até porque, tu mantém as pessoas em casa assistindo futebol. É um modo de manter as pessoas e não aglomerar. Eu sou testemunha disso. Se tem jogo da Chape, eu fico plantado na frente da televisão. A não ser que tenha alguma reunião inadiável, se não estou em casa assistindo. E não é diferente das pessoas. A volta do futebol sem torcida, pois a torcida só vai voltar quando tiver vacina, mas com televisionamento, divulgação das rádios, ela ajuda nesse momento de pandemia - disse Buligon.

De acordo com dados da própria prefeitura municipal, divulgados nesta sexta-feira, Chapecó tem 3.792 casos de Covid-19, com 549 ativos. No momento, 1.059 pessoas aguardam o resultado de testes. São 14 mortes registradas e a taxa de ocupação de leitos de UTI é de 48%.

O Campeonato Catarinense chegou a ser retomado no início de julho, após quatro meses de paralisação, mas foi novamente vetado pelo Governo de Santa Catarina depois da crescente de casos positivos nas equipes, como a Chapecoense, Figueirense, Criciúma e Joinville.

A competição deve ser retomada novamente na próxima semana, com o jogo da voltas das quartas de final. A Chapecoense visita o Avaí, na Ressacada, no dia 29 de julho. O Verdão do Oeste venceu o duelo de ida por 2 a 0, na Arena Condá, e joga até por derrota de um gol de diferença para avançar.

Pela Série B do Brasileiro, a Chape tem estreia prevista para o dia 9 de agosto, contra o Oeste, fora de casa. O primeiro jogo em casa será em 12 de agosto, diante do CSA, na Arena Condá.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: GLOBO ESPORTE