Chapecó | 21.08.2019 | 12h41 Economia

Preço do litro da gasolina em SC pode variar até R$ 0,59, aponta levantamento da ANP

Dependendo da região onde se mora em Santa Catarina, uma simples volta de carro pode ser um exercício mais doloroso para os bolsos dos motoristas. De acordo com o levantamento semanal realizado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), nos postos de 25 municípios do Estado, a diferença entre o preço médio da gasolina pode chegar a R$ 0,59.

Conforme os dados da semana encerrada no dia 17 de agosto, a gasolina mais barata do Estado pode ser encontrada em Joinville, onde o litro custa, em média, R$ 3,72. Na outra ponta, os motoristas de Concórdia são os que pagam mais caro, R$ 4,314, por litro, para encher o tanque.

As diferenças são acentuadas até mesmo em cidades vizinhas. De acordo com o levantamento, o preço médio em Florianópolis foi calculado a R$ 4,055. Para pagar menos, basta atravessar a Ponte Colombo Salles, para encontrar uma média de R$ 3,911, em São José, onde estão os menores preços da Grande Florianópolis.

A diferença de R$ 0,144 reforça a importância da pesquisa de preços. Pelo menos é o que dizem os motoristas que usam os veículos para trabalhar diariamente.

— Ontem, eu tive que abastecer no Norte da Ilha. Paguei R$ 4,29, aqui está R$ 3,75 — conta Edilson Fernandes, que trabalha como motorista de aplicativo e estava completando novamente o tanque em um posto no Centro.

O promotor de vendas Rhaduan Tabare Silva diz que roda a região do Centro o dia todo com uma motocicleta própria. Semanalmente, ele gasta R$ 33 com gasolina. Morador do Itacorubi, ele afirma que estaria disposto a cruzar a ponte, caso o combustível no Continente fosse mais barato.

— A minha mãe mora em São José. Se fosse o caso, já aproveitaria a viagem até lá.

Willian Kisiel, que também trabalha como motorista de aplicativo, afirma que abastece o carro principalmente com GNV, mas que diariamente coloca uma pequena quantidade de gasolina. Segundo ele, para conseguir garantir a renda do dia, é preciso planejamento, dada a diferença de valores em cada posto de combustíveis.

Fonte: NSC total