São Miguel do Oeste | 16.05.2018 | 13h50 Polícia

Polícia solicita perícia complementar sobre morte de sargento

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de São Miguel do Oeste, solicitou perícia complementar sobre o laudo de necropsia do corpo da sargento da Polícia Militar Viviana Paula Pan.

Viviana faleceu na noite de 2 de maio, no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste, onde estava internada. O quadro de saúde da policial militar teria se agravado tendo em vista complicações decorrentes da realização de um procedimento cirúrgico. A polícia não informou em qual hospital o procedimento teria sido realizado.

Em razão do inquérito instaurado, o corpo foi alvo de perícia para identificação de eventual sinal de culpa, seja ela por “negligência, imprudência ou imperícia médica”.

Em contato com a reportagem do Grupo WH Comunicações nesta terça-feira (15), a delegada Lisiane Junges – responsável pelo caso – informou que a Polícia Civil já está com os prontuários do atendimento de Viviana e já ouviu profissionais médicos do Hospital Regional.

Ainda conforme a delegada, a perícia complementar foi solicitada tendo em vista situações que ainda demandam de esclarecimentos. “Recebemos o laudo de necropsia, mas solicitamos perícia complementar. A Perícia complementar são perguntas que eu faço sobre pontos do laudo que não foram completamente esclarecidos”, explica.

A sargento Viviana Paula Pan tinha 42 anos e atualmente trabalhava e residia no município de Iraceminha.

Informações: WH Comunicações / Camila Pompeo

Fonte: WH3