Jaraguá do Sul | 16.09.2019 | 20h49 Polícia

Ocorrência em Jaraguá do Sul mostra dificuldade da rotina policial

Dois policiais militares do 14ª Batalhão de Polícia Militar (BPM) estavam em rondas no município de Jaraguá do Sul quando identificaram um carro efetuando manobras perigosas no centro da cidade. O fato ocorreu na madrugada de sábado para domingo (15). Até aquele momento, o ocorrência era de uma possível embriaguez ao volante, mas ao abordar o veículo, os soldados Stange e Benivene encontraram um homem transtornado, que acabou atacando a guarnição policial.

Após tentar fugir com o carro, o homem desrespeitou todos os comandos dados pelos policiais e resistiu ativamente contra a abordagem e revista pessoal. Os policiais necessitaram usar a força física e na tentativa de algemar o suspeito, o homem acertou um golpe em um dos policiais que o deixou inconsciente. Não satisfeito, o agressor ainda chutou a cabeça do policial caído.

O outro policial seguiu tentando imobilizar o abordado, mas somente teve êxito após sacar a arma de fogo. Com a chegada do apoio, o homem foi preso e conduzido para a delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais. Além do crime de dirigir embriagado, o agressor foi preso em flagrante por lesão corporal gravíssima e resistência.

O soldado Benivene recebeu o primeiro atendimento pelos bombeiros e foi levado ao hospital com suspeita de traumatismo craniano. O policial militar ficou em observação até a manhã de segunda (16), quando foi liberado e segue sua recuperação em casa. O comandante-geral da PMSC, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, esteve essa manhã em Jaraguá do Sul para visitar os policiais e acompanhar os desdobramentos da ocorrência, entre elas, a entrega da imagens das Câmeras Policiais Individuais no Poder Judiciário.

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Polícia Militar