Chapecó | 04.04.2018 | 07h23 Economia

Obras da ferrovia entre Oeste e Litoral de SC devem começar em dois anos

A empresa responsável pela ferrovia entre o Oeste catarinense e o Litoral, conhecida como ferrovia do frango, apresentou o cronograma para a execução do projeto. A ideia é que em dois anos o traçado esteja definido e as obras comecem. Ao menos oito toneladas da produção catarinense devem passar pelos trilhos do trem, como mostrou o NSC Notícias de terça-feira (3).

A estatal Valec é a empresa responsável pela execução do projeto orçado em cerca de R$ 50 milhões. “Mais alguns meses, três ou quatro meses, a gente vai concluir. Após isso, daremos isso ao projeto básico de engenharia. É neste momento que nós vamos tratar de traçado e custos”, explicou o superintendente de planejamento e desenvolvimento da Valec Fábio Bittencourt.

Pra este ano, a expectativa é de que o governo federal libere mais R$ 35 milhões para o projeto, além dos outros R$ 12 milhões que já estão garantidos.“Em outubro e novembro de 2019 teremos o final desse projeto e a ideia é não extrapolar o orçamento inicial”, informou o superintendente.

Pelos cálculos da Valec, quando a ferrovia estiver em funcionamento, ao menos oito toneladas da produção catarinense devem passar pelos trilhos do trem. A Federação da Indústria do Estado de Santa Catarina (Fiesc) acredita que com a ferrovia, os gastos com frete sejam reduzidos.

“Se nós não desenharmos uma ferrovia que tenha viabilidade econômica, seja um projeto muito bem feito considerando todas as potencialidades de carga e atendendo a nossa logística, nós vamos ter mais um projeto”, disse o executivo da Fiesc Egídio Antônio Martorano.

Enquanto o projeto ainda não está pronto, as entidades empresariais ficam na expectativa. “É uma obra estratégica para a nossa região, para todo estado de Santa Catarina. Então, esperamos que lá por 2025 ouçamos o apito do trem”, disse o presidente do conselho empresarial de Chapecó Neloir Antônio Tozzo.

Fonte: G1