Chapecó | 17.01.2018 | 16h02 Novela

'O outro lado do paraíso': Vinícius tenta estrangular Clara

Vinícius (Flávio Tolezani) vai perder a cabeça, em “O outro lado do paraíso” . O delegado ataca Clara (Bianca Bin) quando ela afirma que não vai convencer Laura (Bella Piero) a retirar a denúncia de pedofilia contra ele.

O marido de Lorena (Sandra Corveloni) vai à casa de sua algoz e dispara: "Clara, tudo não passa de imaginação da Laura. Eu sei que você induziu a Laura a fazer esse tratamento de regressão...Mas memórias podem ser induzidas. Vai destruir minha vida, Clara. Sei que tem força suficiente junto da Laura pra ela tirar a denúncia. Pode ser que ela não me perdoe, mas o caso vai ficar pra trás, abafado. Eu e a Lorena podemos até mudar de cidade, fica o dito pelo não dito. Clara, eu imploro, use sua influência junto à Laura. Faça ela retirar a acusação. Eu imploro", diz Vinícius, de joelhos.

O delegado ainda pergunta que mal fez a ela para ter levado Laura para este lado. "Eu não levei a Laura a lugar nenhum. Ela apenas se lembrou, e lembrou de algo horrível. Eu ajudei a Laura a recordar. Mas se quer saber, senhor delegado, foi vingança. É vingança. Quando eu era casada com o Gael, ele me batia. Denunciei o espancamento. Mas você, senhor delegado, engavetou minha denúncia. Depois engavetou outras. Sabia que o Gael me batia. Ele já tinha fama de espancador. Bateu na primeira mulher, em namoradas. Você sabia disso. Mesmo assim, agiu como se eu estivesse mentindo. Pediu um laudo psiquiátrico. Esse laudo foi a base para minha interdição. Para minha internação num hospício. Mas se você, delegado, tivesse ouvido minhas denúncias, nada disso teria acontecido. Eu não teria perdido anos da minha vida naquele lugar", brada Clara.

Vinícius fica louco. A mocinha continua. "Era somente uma vingança, mas o teor da denúncia de sua enteada fala mais alto que uma simples vingança. Estou fazendo um bem. A Laura se recordou de tudo que fez. Eu não estou somente me vingando. Mas denunciando um monstro."

O homem da lei afirma que ela não vai conseguir: "Vou te matar! Quer me destruir, Clara, mas eu te mato primeiro!", grita Vinícius, já pulando no pescoço de Clara. Janete (Daniela Fontan) tenta salvar a patroa, mas é empurrada pelo delegado. A ex-mulher de Gael (Sérgio Guizé) diz que o pedófilo não vai se livrar. "Vou. Ainda sou delegado, sei esconder evidências. Quis acabar comigo, não é? Se deu mal. Sou mais forte que você", brada o delegado, apertando mais o pescoço de sua algoz.

Nesse momento, Renato (Rafael Cardoso) chega, agarra Vinícius por trás e o desarma. "Se antes eu tivesse alguma dúvida de que é o culpado, agora não teria nenhuma. Foi longe demais, Vinicius", diz Clara, que faz outra queixa contra o delegado. "Eu só perdi a cabeça. Ela... e a Laura estão destruindo minha vida. Você que é homem entende", diz o homem da lei a Renato, que rebate. "Quando eu cheguei, você estava tentando matar a Clara", constata.

Vinícius, entretanto, diz que não queria realmente matar. "Só que ela se calasse", tenta se desculpar. Mas Clara avisa que não vai deixar passar. "Isso vai prejudicar ainda mais minha situação", afirma o delegado. "Foi o que você escolheu. Agora saia daqui", ordena Clara.

Fonte: G1