Chapecó | 23.09.2020 | 15h15 Tecnologia

Nova lâmpada UV mata o coronavirus sem risco para os humanos

A fabricante japonesa Ushio desenvolveu, em parceria com a Universidade de Columbia, nos EUA, um novo tipo de lâmpada ultravioleta que comprovadamente mata em minutos o vírus Sar-Cov-2, causador da Covid-19, sem colocar em risco a saúde das pessoas no local.

Lâmpadas ultravioleta já são usadas para desinfecção, mas a frequência de luz emitida, de 254 nanômetros, pode causar danos aos olhos e queimaduras na pele de pessoas expostas a elas. O produto da Ushio, batizado de Care 222, usa luz com uma frequência de 222 nanômetros, que ainda tem poder bactericida, mas é incapaz de penetrar nossa pele ou olhos.

Quando instalada no teto, a nova lâmpada pode eliminar 99% dos vírus e bactérias no ar e em objetos em uma área de cerca de 3 metros quadrados a até 2,5 metros de distância. O tempo necessário para desinfecção é de seis a sete minutos.

O módulo com a lâmpada pesa pouco mais de um quilo e custa US$ 2.800, cerca de R$ 15.300. Inicialmente ele será vendido apenas a hospitais e instituições de saúde, mas a Ushio não descarta atender outros consumidores após a capacidade de produção atender à demanda.

No Brasil, a companhia aérea Azul anunciou recentemente a aquisição de quatro unidades do Honeyweel UV Cabin System, que serão usados para desinfecção de suas aeronaves. Com o tamanho aproximado do carrinho usado para servir alimentos e bebidas aos passageiros, o higienizador conta com dois braços que se estendem até a parte de cima dos assentos. O aparelho é guiado pelos corredores enquanto os braços higienizam toda a superfície da aeronave com através da luz ultravioleta. O procedimento é feito com a aeronave vazia.

Fonte: The New York Post

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: Olhardigital