Chapecó | 27.01.2017 | 13h42 Geral

Motorista flagrado em excesso de velocidade diz que a culpa foi do vento, que empurrou o carro ainda mais

Emergência médica, fuga de bandidos, atraso para compromisso… Várias podem ser as alegações para excesso de velocidade.

Mas a desculpa dada por um motorista flagrado por radar móvel em Three Spring (Austrália) chama a atenção.

Ele simplesmente alegou que estava a 125km/h em área de máxima permitida de 110km/h por causa da força do vento.

“O vento estava me empurrando”, alegou ele oficialmente no boletim de ocorrência, divulgado pela polícia no Twitter.

Na rede social, uma pessoa brincou: “Ele estava pilotando um carro ou um barco?”

Fonte: O SUL