Porto Belo | 22.01.2019 | 16h14 Trânsito

Motorista com sinais de embriaguez é preso após atingir moto e matar casal na BR-101

Um casal morreu após uma colisão provocada por um motorista com sinais de embriaguez seguida de atropelamento em Porto Belo, no Litoral Norte catarinense. As vítimas estavam em uma motocicleta quando foram atingidas na BR-101. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do carro foi preso em flagrante.

O acidente foi registrado no km 152, na madrugada de segunda-feira (21), por volta da 1h. Ainda de acordo com a PRF, o carro bateu na traseira da moto, que tombou com o impacto.

Na sequência, dois ocupantes caíram na pista da rodovia e foram atropelados por outros veículos. Conforme a PRF, não foi possível identificar quantos veículos podem ter atropelado as vítimas. Nenhum condutor do atropelamento parou para prestar socorro.

Ginaldo Sabino de Andrade, de 35 anos, e Mônica Vieira Souza, de 39 anos, não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

O condutor do carro de 43 anos não ficou ferido. Conforme a PRF, ele fez teste de bafômetro, que confirmou a concentração de 0,17 mg/L de álcool por litro de ar expelido.

Por conta da lei 13546, que entrou em vigor em abril do ano passado, o motorista foi preso e levado pela para a Delegacia da Polícia Civil de Itapema.

Foto: PRF/Divulgação

Fonte: G1