Chapecó | 15.10.2020 | 13h13 Polícia

Morador de rua que praticava diversos crimes no Centro de Chapecó é detido

Durante a tarde desta quarta-feira (15), por volta das 16h, a Polícia Militar fez a detenção de um homem de 26 anos, morador de rua, por perturbação na Av. São Pedro. De acordo com os policiais, frequentemente o homem ofendia os pedestres, motoristas e empresários da região sujando, pedindo, dentre muitas outras ações reprováveis.

Foi lavrado um Termo Circunstanciado contra ele e conduzido a força ao Hospital Regional do Oeste.

O FATO
A Rede de Vizinhos daquela região informou que há dias vinha estavam ocorrendo problemas de perturbação e pequenos furtos causados por “moradores de rua e andarilhos” junto aos comércios localizados na Av. Getúlio Vargas, entre as Ruas Rio de Janeiro e Paulo Marques.

Os policiais da Rede de Vizinhos fizeram contato com cerca de quinze comerciantes, entre eles o proprietário de uma loja de conveniências localizada na Av. Getulio Vargas, onde o mesmo relatou que existe um grupo de moradores de rua que ficam perturbando os clientes em frente a sua loja e em vários comércios. Ainda disse que os mesmos ficam incessantemente pedindo esmolas e que algumas vezes clientes, em especial mulheres, foram agredidas com palavras e outras foram assediadas sexualmente, por várias vezes. Os infratores também já teriam entrado em seu estabelecimento, consumido bebidas alcoólicas e saído sem pagar. Além disso, por motivos de domínio de área, já ocorreram várias brigas entre os moradores de rua, promovendo ameaças com pedras e pedaços de madeiras.
Nos comércios de alimentação eles atacam os pratos dos clientes pegando a comida.

Diante das informações, a guarnição Rede de Vizinhos entrou em contato com o setor da Diretoria de Proteção Especial da Prefeitura Municipal de Chapecó, assistente social e Guarda Municipal, onde em reunião no dia 06 de outubro de 2020 às 14h, na Diretoria de Proteção Especial, onde foi exposta a situação.

Estavam presentes representantes do serviço social do município e da Guarda Municipal. Após a reunião ficou definido junto aos órgãos participantes que seria realizada uma ação conjunta com abordagens para identificação dos andarilhos, onde a assistente social iria propor acolhimento junto ao abrigo municipal para aqueles que não são de Chapecó e passagens para que retornassem a sua cidade de origem.

Um dos andarilhos de 24 anos foi identificado como um dos “mentores” do grupo de andarilhos, em consulta foi constatado que ele tem passagens por roubos e posse de drogas. Foi constatado que junto de outros comparsas também é suspeito de realizar pequenos furtos no comercio central da cidade.

No dia 14, foi realizado nova reunião com o setor da Diretoria de Proteção Especial da Prefeitura Municipal de Chapecó, assistente social/Resgate Social e Guarda Municipal, para dar seguimento a abordagens e identificação desses moradores de rua/andarilhos.

Por volta das 15h40 do mesmo dia, novamente a Central Regional de Emergência (190) foi acionada para averiguação de homem em surto psicótico causando perturbação no comércio local e a transeuntes, na AV. Getúlio Vargas esquina com São Pedro. No local foi constatado se tratar do homem de 24 anos, previamente identificado, que estava subindo em árvores, correndo entre os veículos, causando perigo eminente a si próprio e aos demais que por ali passavam.

Diante da constatação, foi informado o resgate social que se fizeram presentes e também foi acionado ao SAMU. O homem reagiu de forma extrema, sendo necessário o uso da força pela guarnição da rede de Vizinhos para contenção do autor, após imobilizado ele foi sedado e conduzido até o Hospital Regional, sendo acompanhado o deslocamento pela guarnição PM.

No local da ocorrência, vários comerciantes foram até a guarnição relatando que o problema vem ocorrendo há semanas. Tudo foi consignado em boletim de ocorrência, onde também foi lavrado o TC pela perturbação

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Polícia Militar