Chapecó | 06.12.2017 | 16h00 Geral

Médica do Spartak Moscou proíbe sexo ao elenco antes de jogo contra o Liverpool

Em busca de uma das vagas às oitavas de final da Liga dos Campeões, o Spartak Moscou se dedicou totalmente ao duelo contra o Liverpool, na tarde desta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), no Anfield. Para ficarem com o foco total na partida, os jogadores foram proibidos de fazer sexo nos dias que antecederam o confronto.

A orientação foi da médica da equipe russa, Victoria Gameeva, que ficou conhecida mundialmente por sua beleza e por ser uma mulher trabalhando em um clube de futebol.

"Do ponto de vista médico, o sexo estimula a capacidade de trabalhar apenas nas mulheres. "Mas funciona de outra forma para os homens. Eles devem evitar o sexo dois ou três dias antes do jogo de futebol", diz ela em entrevista à “Russian TV”.

Gameeva pode ter motivação extra para encorajar o Spartak a conquistar uma importante vitória em Liverpool. Os Reds lideram o Grupo E, com 9 pontos em cinco jogos, mas ainda não confirmaram o seu lugar nas oitavas de final. Já o Spartak está em terceiro, com 6 pontos em cinco rodadas, dois a menos que o vice-líder Sevilla, que tem 8.

Médica viraliza
Viktoriya virou sensação mundial após fazer sucesso com fotos de biquíni nas redes sociais. A cada semana, a médica ganha mais seguidores. Ela já foi cogitada para assumir o cargo de Eva Carneiro, no Chelsea, que foi demitida após problemas com o técnico José Mourinho em 2015. Mas apesar das especulações da imprensa inglesa, a jovem permanece no quadro médico do Spartak Moscou.



Fonte: G1