Chapecó | 07.11.2019 | 16h06 Justiça

Mais um crime motivado por ciúmes vai a júri em Chapecó

Um homem irá a julgamento por homicídio qualificado por motivo torpe nesta sexta-feira (08). De acordo com a denúncia, o acusado não aceitava o fim do relacionamento e invadiu a casa da ex-companheira, no bairro Efapi, onde morava com outro homem. O companheiro dela foi atingido com golpes de faca e facão na região do tórax.

O crime aconteceu por volta de 11h10 do dia 30 de dezembro de 2017. Ameaças por ligações telefônicas e mensagens no celular já vinham acontecendo há 15 dias. O acusado também teria publicado, em uma rede social, a intenção de assassinar a vítima.

A sessão no Tribunal do Júri da comarca de Chapecó inicia às 13h30.

Júri do dia 1º
O último júri popular na comarca, realizado na sexta-feira (01/11), condenou um dos réus a 13 anos e quatro meses de prisão no regime fechado. A vítima teve um relacionamento com a mãe do acusado. O conselho de sentença reconheceu o fato dela estar grávida na época do crime e, portanto, a criança ficou órfã de pai.

O outro réu foi sentenciado a sete anos de prisão e, por estar preso desde o crime, cumprirá o restante da pena em regime semiaberto. Os dois tiveram negado o direito de recorrer em liberdade.

O crime aconteceu na madrugada do dia 27 de maio de 2017, no Parque das Palmeiras, antigo “lixão” municipal. A vítima foi atingida com golpes de facão quando abriu a porta de casa para os agressores. O motivo seriam desavenças entre a vítima e as famílias dos acusados.​

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó