Chapecó | 04.05.2018 | 18h00 Saúde

Mais de 13 mil pessoas já foram imunizadas em Chapecó

Até essa sexta-feira (04), 13.705 pessoas foram vacinas pela Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza (gripe) em Chapecó. A vacinação segue até o dia 01 de junho e no sábado (12 de maio) será Dia D de mobilização nacional. Neste dia, os 26 Centros de Saúde da Família de Chapecó estarão atendendo das 08h às 17 horas sem fechar ao meio dia. Durante os demais dias, os Centros de Saúde atendem das 7h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas. Importante sempre levar a caderneta de vacinação e um documento pessoal com foto. Isso porque, se necessário o cartão será atualizado.

No estado de Santa Catarina serão ofertadas vacinas contra difteria, tétano e coqueluche (dTpa) para gestantes e puérperas e, para os grupos maiores de 7 anos serão atualizados os esquemas de vacina de tétano e difteria (dT). Recomenda-se 3 doses e 1 reforço a cada 10
anos e 1 dose de dTpa a cada gestação. A meta Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza é vacinar 90% de cada público-alvo.

A vacina

As vacinas utilizadas nas campanhas nacionais de vacinação contra a influenza são vacinas trivalentes que contêm os antígenos purificados de duas cepas do tipo A e uma B, sem adição de adjuvantes e sua composição é determinada pela Organização Mundial da Saúde. As vacinas são bastante seguras. A dor local é o evento adverso mais comum nos vacinados em comparação com os que receberam placebo, não sendo encontradas evidências de que as vacinas atualmente em uso causem eventos sistêmicos graves.

A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. Pessoas com história de alergia grave à proteína do ovo de galinha podem ser vacinadas em ambiente hospitalar se o médico assistente autorizar, avaliando os riscos e benefícios.

Fonte: SC.GOV.