Chapecó | 15.03.2019 | 08h08 Agronegócio

MAB realiza encontro para discutir as barragens na região

De acordo com o coordenador do MAB, Movimento dos Atingidos por Barragens, Pedro Melchior, o encontro será na noite desta quinta-feira, 14, na Linha Catres, em Mondaí, às 20 horas. Ele explica que no encontro será discutido o tema “Segurança de barragens”. Hoje é comemorado o dia internacional de luta contra barragens.

Melchior explica que serão discutidos assuntos relacionados a Brumadinho, a possível barragem de Itapiranga que está projetada para gerar energia já em 2026 e a barragem do Foz do Chapecó, que está passando por manutenção. Ele explica que a usina Foz do Chapecó foi afetada pelas chuvas de 2014, quando um muro caiu. Parte da barragem está seca para retirada desse muro. Mais de 100 mil peixes foram retirados e soltos abaixo da barragem. Conforme o coordenador, o MAB acompanha todo o trabalho realizado na barragem, juntamente com o Ministério Público, IMA e órgãos ambientais.

Nota da Foz do Chapecó

Neste mês de fevereiro, a Foz do Chapecó Energia vai dar prosseguimento às obras no entorno da usina. Os trabalhos serão concentrados na retirada da parte submersa do muro intermediário do vertedouro, interrompido em 2018 devido ao período de chuvas. Durante as atividades, a usina vai operar sem restrições e com todos os requisitos de segurança. O muro a ser removido foi um dispositivo utilizado na construção da hidrelétrica e não tem nenhuma função estrutural nem operacional. A retirada é uma medida de precaução e para evitar manutenções futuras.

Como a retirada da parte submersa do muro tem que ser feita a seco, será construída uma ensecadeira (barreira de barro e pedra) provisória em frente ao vertedouro. Após a obra, que deve durar três meses, essa barreira será retirada. Para garantir a vazão mínima de água abaixo da barragem, foi construído um canal ao lado do vertedouro, que permitirá a manutenção das condições ambientais.

A obra é uma iniciativa que se soma a outras já concluídas e que aumentam ainda mais a segurança da usina Foz do Chapecó, como o reforço da barragem, a construção do canal e melhorias no traçado da rodovia ACH-050, que liga Águas de Chapecó e Alpestre.

Apesar de estarem previstas apenas paralisações pontuais na rodovia, que serão avisadas para a comunidade por meio de boletins de rádio, a Foz do Chapecó Energia solicita atenção especial para quem trafega no local. A via estará sinalizada e é solicitada atenção do motorista que trafega sobre a barragem.

Foto: Pedro Melchior - MAB

Fonte: PORTAL PEPERI