Chapecó | 31.01.2018 | 07h31 Geral

Libertadores: tudo o que você precisa saber sobre Chapecoense x Nacional

Brasileiros reencontram uruguaios na competição continental e disputam vaga para a próxima fase. Bola rola a partir da 21h45 (de Brasília), na Arena Condá.

O JOGO
Na noite desta quarta-feira a Chapecoense inicia pela segunda vez em sua história uma caminhada na Copa Libertadores. Apesar da pouca familiaridade da competição, o adversário já é bem conhecido do Verdão. O Nacional-URU era um dos integrantes do Grupo 7, mesmo da Chape, na edição passada da disputa. Desta vez, o confronto, divido em dois jogos, é para definir quem segue vivo na busca pela fase de grupos. Na Arena Condá, os brasileiros buscam iniciar com o pé direito na disputa e vencer pela primeira vez os uruguaios. O jogo de volta está marcado para o dia 7 de fevereiro, em Montevidéu.

Chapecoense - Técnico Gilson Kleina
A Chapecoense está invicta desde que Gilson Kleina assumiu o comando da equipe, no ano passado. A meta é seguir com a invencibilidade, e mais, vencer o Nacional para levar a vantagem para o Uruguai, no jogo de volta. Líder do estadual e sem sofrer gols em jogos oficiais nesta temporada, o Verdão entra em campo embalada pela boa fase, mas ciente de que terá pela frente o maior desafio do ano até aqui.

Além das dificuldades normais que uma estreia em Libertadores já traria, a Chape ainda precisa lidar com o grande número de lesões. Canteros, Arthur e Moisés Ribeiro, titulares do time no fim da temporada passada, Elicarlos e Vinicius estão fora da partida. Por outro lado, Guilherme vive boa fase, e Márcio Araújo fez boa estreia pelo time catarinense.

Desfalques: Arthur, Canteros, Elicarlos, Luiz Otávio, Moisés Ribeiro e Vinicius (lesionados).

Nacional - Técnico Alexander Medina
O Nacional não terá o seu capitão para a partida de estreia na Libertadores. O zagueiro Diego Polenta está perto de se transferir para o Genoa-ITA e não viajou com o grupo para o Brasil. Ao contrário de Kleina, invicto na Chape, Medina ainda não sabe o que é vencer no comando da equipe uruguaia. O time perdeu duas vezes para o Peñarol, um deles pela final da Supercopa Uruguaia, e empatou em um amistoso contra o Emelec-EQU. Fucile se machucou no decorrer da semana, e apesar de ter viajado, é dúvida para o jogo.

Desfalques: Sebastian Rodriguez (suspenso) e Diego Polenta (negociado com o Genoa).

Fonte: GLOBO ESPORTE