Concórdia | 04.11.2019 | 09h02 Justiça

Justiça mantém prisão de mulher suspeita de atear fogo em residência em Concórdia

A mulher suspeita de ter ateado fogo em uma residência na Rua Carlos Buchele, acesso ao bairro Vista Alegre, por volta das 18h30 da sexta-feira (01), participou de uma audiência de custódia e a Justiça da Comarca decidiu pela manutenção da prisão. A prisão dela ocorreu logo depois do sinistro quando moradores acionaram a Polícia Militar denunciando o incêndio supostamente criminoso.

A mulher foi localizada e encaminhada por uma guarnição da Polícia Militar à Delegacia de Polícia. Alguns moradores haviam relatado o caso de incêndio criminoso ao jornalismo da Atual FM ainda local do sinistro, durante o combate as chamas por parte dos Bombeiros Voluntários.

Conforme as informações apuradas, a mulher já foi transferida do Presídio Regional de Concórdia para Chapecó. Como o presídio local não tem mais espaço para abrigar detentas na tarde deste sábado (02), ela foi levada para Chapecó onde responderá pelo crime na prisão.

MAIS DETALHES

Uma casa ficou completamente destruída por um incêndio no prolongamento da Rua Carlos Buchelle, acesso ao bairro Vista Alegre por volta das 18h30 desta sexta-feira, dia 1º.

Os Bombeiros Voluntários foram acionados para controlar as chamas que quase atingiram um imóvel ao lado. Foram pelos menos duas viaturas de combate as chamas para controlar o fogo. Por ser em uma área mais alta da cidade o incêndio foi avistado da área central de Concórdia.

Fonte: ATUAL FM