Chapecó | 05.11.2019 | 17h17 Justiça

Juiz decreta prisão preventiva para casal flagrado com ecstasy em Chapecó

Um casal preso com 543 comprimidos de ecstasy em Chapecó, teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Rogério Carlos Demarchi, na comarca de Chapecó.

A ação comandada por agentes da Divisão de Investigação Criminal (Dic) da Polícia Civil aconteceu após um mês de investigação e representou a maior quantidade de droga sintética já apreendida no oeste do Estado neste ano.

O homem teve a preventiva decretada e foi transferido ao Presídio Regional de Chapecó. Já para a mulher foi concedida prisão domiciliar a pedido do advogado dos acusados, com a concordância do Ministério Público.

​Ela informou ter um filho de dois anos, o qual amamenta, e disse estar grávida. A certidão de nascimento da criança foi apresentada. A suspeita tem prazo de 20 dias para comprovar que possui a guarda legal do filho. O benefício é previsto na Lei n. 13.769, de 19 de dezembro de 2018.

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó